Menu
Busca quinta, 28 de janeiro de 2021

PMDB de Dourados é "plano B" para o governador

13 junho 2012 - 09h00Por Dourados Agora
O PMDB em Dourados está sendo tratado como "plano B" para o governador André Puccinelli. Até agora o partido não fechou aliança e aguarda uma posição do "chefe" do partido para afirmar que, de fato, possui candidato para concorrer contra o prefeito Murilo Zauith (PSB).

Na opinião do deputado federal Geraldo Resende (PMDB) Puccinelli apoiará Marçal "no devido tempo" e que "o governador vai entrar em campo para nos auxiliar na construção das alianças e também na montagem de uma chapa competitiva de candidatos a vereadores".

Até o momento o governador só tem mostrado interesse em apoiar a candidatura de Edson Giroto, para a prefeitura de Campo Grande.

Geraldo tem esperança porque segundo ele Dourados tem importância estratégica regional e os resultados das eleições neste ano vão refletir em toda a região, inclusive para o pleito de 2014.

A convenção do PMDB em Dourados será realizada no dia 29 deste mês, um dia antes do prazo final estipulado pela legislação eleitoral. André Puccinelli tem que correr contra o tempo para decidir se apoiará Marçal, que sonha conquistar o apoio dos maiores partidos que hoje estão com Murilo: PSDB, DEM, PT e PDT.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve