Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Título Interno

22 agosto 2011 - 08h55
Folha.com


A bancada do PSDB no Senado vai pedir nesta semana a convocação do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, para que ele explique sua relação com a construtora Sanches Tripoloni.

A revista "Época" afirmou que o ministro viajou recentemente num avião da empreiteira, que faz obras para o governo federal, mas ele se recusou a falar sobre o assunto. A Folha procurou Bernardo no fim de semana, mas também não teve resposta.

A carona num jatinho de empresários com interesses no Ministério da Agricultura foi um dos motivos que precipitaram na semana passada a saída de Wagner Rossi do comando do ministério.

De acordo com o Código de Conduta da Alta Administração Federal, "nenhuma autoridade pode receber transporte [...] ou qualquer outro favor de fonte privada".

A Sanches Tripoloni realiza várias obras públicas no Paraná e em Mato Grosso, com recursos federais.

Em julho, a Folha revelou que a consultora Teresinha Nerone, amiga de Paulo Bernardo e sua mulher, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, trabalhou para convencer o Ministério dos Transportes a reajustar os valores de uma obra tocada pela Sanches Tripoloni, a construção do anel viário de Maringá (PR).

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
MS chega a 30.707 casos de Covid e secretário faz apelo no Dia dos Pais: 'Tem várias formas de homenagear'
TELEVISÃO
Chica Xavier, atriz de 'Sinhá Moça' e 'Renascer', morre aos 88 anos
ESPORTES
Agência Brasil oferece novidade para amantes de esportes
GERAL
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões