Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

Puccinelli reclama de demora da União em liberar recursos para rodovias de MS

Puccinelli reclama de demora da União em liberar recursos para rodovias de MS

08 outubro 2011 - 08h00
G1 MS


O governador André Puccinelli (PMDB) reclamou, nesta manhã, da demora na liberação de recursos federais para obras em rodovias em Mato Grosso do Sul. A reclamação foi feita durante entrevista ao Bom Dia MS (TV Morena) desta sexta-feira.

Um dos poucos governadores peemedebistas que costumeiramente alfinetam o governo federal, Puccinelli afirmou que o atraso no repasse dos recursos tem paralisado obras estruturais em MS.

Citou pelo menos duas dessas obras que, por sinal, são executadas em parceria entre os governos federal e estadual: a ligação entre Alcinópolis, na região norte, e a divisa com Goiás; e a ligação entre Bonito e Bodoquena.
Puccinelli disse que espera que na próxima semana o ministério dos Transportes comece a liberar os recursos. "O ministério prometeu a liberação ainda este ano dessas verbas", disse o governador.

O governo de MS aguarda o repasse de R$ 6,4 milhões que estão em atraso, para o setor de rodovias. Puccinelli lembrou que esteve em Brasília esta semana para uma reunião com o ministro dos Transportes, Paulo Passos.

Em relação à BR-163, que corta Mato Grosso do Sul em toda sua extensão no sentido norte-sul, Puccinelli disse insistir para que o ministério delegue ao governo estadual a responsabilidade pela duplicação. Caso haja o aval, o governo se compromete a concluir a obra em oito a dez anos e com concessão de 25 anos. "Depende só do governo federal", disse Puccinelli ao Bom Dia MS

O andamento da construção do Aquário do Pantanal, em Campo Grande, está dentro do cronograma previsto, segundo Puccinelli. A previsão de entrega da obra é em 2013, e na opinião do governador, o empreendimento deve projetar o estado em nível internacional.

Já sobre o plano de investimentos de R$ 3 bilhões do MS Forte, programa criado em 2009 pelo governo estadual, Puccinelli disse que dois terços dos recursos já foram empregados. "No balanço deste ano, saberemos o que temos para planejar até 2014 o que faremos", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARAL MOREIRA
Homem é encontrado carbonizado e com marcas de tiros no corpo
Motocicleta com placas do Paraguai também foi queimada
IGUATEMI
Homem morre vítima de tiro acidental na cabeça durante pescaria
Jair Ruzzene, de 56 anos, se apoiou em cano de espingarda quando arma disparou e o atingiu
MARACAJU
Veículo com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF
ECONOMIA
Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS