Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021

Simted denunciará Prefeitura no Ministério Público

Simted denunciará Prefeitura no Ministério Público

31 outubro 2011 - 13h50
Divulgação (TP)


O Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação – Simted de Dourados deve procurar o Ministério Público Estadual nesta segunda-feira fazendo uma denúncia contra a prefeitura municipal de Dourados. Isso porque a prefeitura informou aos diretores das escolas municipais, que a partir de 1º de novembro não realizará mais contratos de professores substitutos.



A medida afeta diretamente os educadores afastados por motivos de saúde e com licença gestante, uma vez que suas salas ficarão sem professores, a não ser que a direção da escola pague do próprio orçamento os profissionais ou arranje alguém que trabalhe de graça.



“É um absurdo. Como ficarão as crianças dos professores com licença de saúde? E os direitos trabalhistas dos educadores? A prefeitura, mais uma vez, está tomando medidas equivocadas e prejudicando a educação municipal. Temos cópia do comunicado distribuído aos diretores e, com ele, vamos ao Ministério Público solicitar que o mesmo intervenha e determine que a prefeitura contrate os substitutos para as situações de licenças, como sempre foi feito. Se continuar da maneira como está, não ficaremos surpresos se amanhã ou depois fecharem salas de aula”, disse o presidente do Simted, José Carlos Brumatti.



O não pagamento dos substitutos já havia sido citado durante a paralisação do último dia 26, porém, faltava a oficialização, o que ocorreu por meio de comunicado na última quinta-feira. “Estamos atentos ao que vem acontecendo e a categoria não admitirá que desmandos que prejudicam a educação continuem a acontecer. Procuraremos, sempre que for o caso, nossos direitos na Justiça. Não vamos permitir essa aberração”, assegurou Brumatti.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL E PARAGUAI
Forças de Segurança estreitam relações para combater a criminalidade na fronteira
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua mulher de 40 anos por maus tratos a cachorro
BOLETIM COVID
SES registra 23 novos óbitos por Covid, e MS já acumula 3.416 vidas perdidas
SAÚDE
Ocupação elevada de UTIs pode aumentar média de vítimas de covid-19