Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021

Telefonia celular já está a disposição dos moradores de Itahum

01 outubro 2012 - 17h20
Divulgação (TP)

A telefonia celular já está à disposição dos moradores do distrito de Itahum, em Dourados. Antes funcionando em caráter experimental, a entrada definitiva em operação do serviço foi confirmada no último sábado, 29 de setembro, pelo senador Delcídio do Amaral (PT/MS), que negociou com a operadora Vivo a implantação do sistema.

“Ontem (sexta-feira) à noite fui informado pela diretoria da empresa que o período de testes e ajustes foi concluído. O sinal na região está muito bom e, com isso, as operações comerciais podem começar imediatamente. Fico muito contente em ver que mais uma reivindicação da comunidade foi atendida”, disse o senador.

De acordo com Delcídio, a Vivo prossegue os testes na rede implantada no Assentamento Itamaraty, em Ponta Porã.

“Pelo que me informaram, serão necessários mais 15 dias de testes na região. Com isso, no máximo até o início da primeira quinzena de outubro, a telefonia celular estará definitivamente implantada no Assentamento Itamaraty”, garantiu o senador.

A instalação do serviço de telefonia celular é um dos pedidos mais freqüentes recebidos por Delcídio durante as visitas ao interior do estado. Desde que tomou posse, o senador já negociou com diferentes operadoras a implantação do serviço em Juti, Alcinópolis, Novo Horizonte do Sul, Figueirão e Santa Rita do Pardo, entre outros municípios. O senador está negociando agora a chegada do sistema ao distrito de Casa Verde, em Nova Andradina, e à zona rural de Corumbá.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado
TRÂNSITO
DPVAT: Seguro obrigatório não será cobrado em 2021