Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021

Brasil registra cerca de 33 mil novos casos de hepatites virais por ano

26 julho 2012 - 00h00
*Fonte: G1


Brasil registra cerca de 33 mil novos casos de hepatites virais por ano

More Sharing ServicesGostou? Compartilhe! | Share on orkut Share on twitter Share on facebook Share on email Share on print Share on favorites Share on google Share on digg

Levantamento divulgado hoje (25) pelo Ministério da Saúde indica que cerca de 33 mil novos casos de hepatites virais são notificados a cada ano no Brasil. O maior número de infecções nos últimos 14 anos é por hepatite B, totalizando 120 mil casos entre 1999 e 2011.

Os dados apontam ainda que a Região Sudeste concentra a maioria das notificações da hepatite B (36,3%), seguida pelo Sul (31,6%). A relação sexual, de acordo com a pasta, é a forma predominante de transmissão (52,7%). A doença atinge principalmente a faixa etária de 20 a 39 anos.

No mesmo período, foram registrados 82 mil casos da hepatite C no país. A maior parte das pessoas infectadas vive nas regiões Sul e Sudeste (90%), com destaque para os estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul, com 56,9% e 13%, respectivamente.

A taxa de incidência da hepatite A vêm caindo significativamente desde 2006. Em 2005, quando ocorreu o ápice da doença, eram 11,7 mil infectados para cada 100 mil habitantes, enquanto que a taxa foi 3,6 mil em 2011. A Região Norte aparece com a maior incidência (15,6), seguida pelo Sudeste (1,5). As crianças com 5 anos ou mais são as mais afetadas (36,8%).

A hepatite D acomete somente pessoas que já têm o tipo B da doença. Entre 1999 e 2011, foram notificados 2.197 casos, sendo a maioria na Região Norte (76,4%), com destaque para o Amazonas (37%) e o Acre (29,3%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado