Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020

Chuvas em Mato Grosso do Sul afetam 67 mil pessoas

14 janeiro 2016 - 15h45Por Agência Brasil
As fortes chuvas que atingem o Mato Grosso do Sul, desde o fim de novembro, provocaram estragos em diversos pontos do estado. Segundo a Defesa Civil estadual, mais de 67 mil pessoas foram afetados e 25 municípios decretaram situação de emergência, por causa dos estragos provocados pelas enchentes e inundações.


Em Aquidauana, Miranda e Dois Irmãos do Buriti, os municípios mais afetados, já são mais de 100 pessoas desabrigadas. A Defesa Civil informa ainda que, até o momento, mais de 40 pontes foram destruídas e 25 danificadas.

O Rio Aquidauana subiu 8,91 metros (m), mais de 2m acima do limite (6,21m) que indica estado de alerta.

Nas cidades de Naviraí e Ivinhema, erosões se agravaram com as chuva e várias casas ficaram danificadas. A Defesa Civil condenou 13 imóveis no município. Já no município de Ivinhema, a erosão ameaça a estrutura de uma delegacia.

No município de Taquarussu, famílias ficaram ilhadas, no início da semana, no assentamento Bela Manhã. O Governo do Estado enviou água potável, cestas básicas e kits de limpeza e higiene.

Apesar dos transtornos provocados pelas chuvas, que devem continuar nos próximos dias, não há registro de feridos ou mortos até o momento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias