Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020

Estudantes de MS criam óleo que pode ser usado contra dengue

Estudantes de MS criam óleo que pode ser usado contra dengue

03 novembro 2015 - 10h15Por G1
As irmãs gêmeas Danielle e Isabelle Matos ganharam o prêmio da Feira Internacional de Ciência e Tecnologia, realizada no Rio Grande do Sul. As estudantes de Mato Grosso do Sul criaram um óleo à base de folha de pitangueira que pode ser usado para combater o mosquito da dengue. No estado, já foram registradas 13 mortes por dengue em 2015.

A inspiração surgiu de um perfume que a mãe das meninas usa com fragrância de pitanga. As alunas do terceiro ano do Ensino Médio usaram o laboratório da Universidade Federal (UFMS) para fazer os experimentos. O óleo surge por um processo de destilação com solvente orgânico, água e folha triturada de pitanga.

“A gente quer aumentar a concentração para ver se mata mais”, afirmou Danielle.
Na primeira fase, as irmãs descobriram que no recipiente com óleo as fêmeas do mosquito depositaram uma quantidade muito menor de ovos. O resultado foi eficácia de 85% do repelente natural.

Na segunda fase, as estudantes descobriram que a mistura pode matar as larvas do aedes aegypti com uma eficácia que varia de 50% a 60%.

O trabalho das garotas é acompanhado pela professora Danielle Boin, mestre em biologia vegetal. “Foi encontrada essa suficiência e a pitanga você encontra em várias casas de Campo Grande, uma planta que é amplamente distribuída no cerrado”, explicou.

Em maio de 2016, as estudantes vão embarcar para mais uma feira internacional, desta vez nos Estados Unidos. É o maior encontro de jovens cientistas do mundo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil tem 553 mortes e 12 mil casos confirmados
INFLUENZA
Saúde distribui mais de 300 mil vacinas para municípios na 1ª etapa da campanha nacional
SAÚDE
Secretaria de Saúde confirma segundo óbito por coronavírus em Mato Grosso do Sul
NOTÍCIAS
Governo de MS aguarda decisão sobre empréstimo para 'estender a mão' a empresas