Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020

Feriado de Carnaval: um bom momento para o Turismo de Mato Grosso do Sul

06 fevereiro 2016 - 09h30Por Fundtur-MS
Festa tradicional, o Carnaval é um feriado propício não só para diversão junto aos foliões, mas para quem busca tranquilidade ou lazer. Entre as dez Regiões Turísticas de Mato Grosso do Sul, os visitantes e os sul-mato-grossenses poderão escolher a melhor alternativa para aproveitar os cinco dias do feriado. A maior festa popular do Brasil, que atrai todos os anos milhares de turistas, tornou-se fonte de lucro e renda para diversos setores da sociedade, alavancando principalmente o turismo.

O impacto na economia local se dá principalmente no Setor da Alimentação e Bebidas – restaurantes, supermercados, conveniências, farmácias, bem como nos postos de combustíveis e em passagens para transporte rodoviário. Exemplo disso é Bonito, onde o período do Carnaval é considerado de alta temporada atraindo visitantes do segmento de natureza, ecoturismo e aventura, de lazer e descanso; os pesqueiros também recebem uma demanda significativa de turistas nesse período. Portanto, é um excelente momento para o Turismo uma vez que gera uma movimentação considerável de viagens independente de ser para destinos onde o Carnaval é consolidado.

Em Mato Grosso do Sul, o destaque para o evento “Carnaval” é Corumbá destino tradicional e reconhecido como um dos maiores da Região Centro-Oeste. Dados do Observatório do Turismo do Pantanal – Fundação de Turismo do Pantanal/Corumbá mostram que o Carnaval 2015 movimentou R$ 9,9 milhões na economia local e mesmo com o dólar em alta, os turistas gastaram mais de R$ 1,1 milhão na Bolívia.

Em 2013, Corumbá recebeu 8.167 turistas; em 2014 vieram 8.206 pessoas e em 2015 foram 8.340 turistas. Nos três últimos anos, ocorreu uma movimentação de R$ 28.182.460,60 na economia da cidade em função do Carnaval, gerando empregos direta e indiretamente, durante esse período foram criados 1.411 empregos temporários.

A maioria dos visitantes na cidade (82,5%) é de Mato Grosso do Sul; de Campo Grande (85,1%), Aquidauana (3%) e Dourados (2,4%). Foliões de outros estados também marcaram presença: São Paulo (8,3%), Paraná (2,6%) e Mato Grosso (1,9%). O Carnaval Cultural de Corumbá também atraiu bolivianos, paraguaios, argentinos e até um grupo da Alemanha.

Conforme o diretor-presidente da Fundtur-MS, o cenário mostra que o turismo é um importante instrumento para o fortalecimento da economia. “O Carnaval é um importante gerador de oportunidades, emprego e renda. Agrega a sociedade e promove a inclusão social”, enfatizou.

Aos que curtem o carnaval e gostam de uma boa folia podem aproveitar o período em alguns dos municípios sul-mato-grossenses que são boas opções por oferecerem uma agenda extensa e diferenciada, com desfiles de escolas de samba, blocos oficiais, circuito elétrico, cordões carnavalescos, desfiles culturais e matinês. É bom se programar com antecedência já que alguns municípios do Estado cancelaram a festa para investir em áreas consideradas prioritárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Estado atinge a marca de 82.344 casos de Covid -19
INTERNACIONAL
Famoso por interpretar 007, Sean Connery morre aos 90 anos
CAMPO GRANDE
Três homens foram mortos com diversos tiros de pistolas
REGIÃO
Dois infratores são autuados em R$ 20 mil por degradação de área protegida de córrego para instalação de fábrica de postes de concreto