Menu
Busca sexta, 18 de janeiro de 2019
(67) 9.9973-5413
MS

Governo do Estado decreta situação de emergência em Deodápolis

15 maio 2018 - 16h45Por Da redação

Decreto do governador Reinaldo Azambuja publicado nesta terça-feira (15), no Diário Oficial do Estado (DOE) declara situação de emergência estadual em Deodápolis, por conta dos estragos causados pelas chuvas, principalmente na área rural.

De acordo com o comandante da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Fabio Catarinelli, Mato Grosso do Sul possui atualmente 31 municípios em situação de emergência, 24 deles com decretos estaduais.

Os municípios em situação de emergência vigente são: Miranda, Rio Verde de Mato Grosso, Bataguassu, Porto Murtinho, Sete Quedas, Tacuru, Iguatemi, Eldorado, Itaquiraí, Mundo Novo, Novo Horizonte do Sul, Amambai, Coronel Sapucaia, Bela Vista, Antônio João, Coxim, Caracol, Santa Rita do Pardo, Brasilândia, Aquidauana, Anastácio, Nioaque, Jardim, Bonito, Batayporã, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Aral Moreira, Batayporã, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Aral Moreira, Japorã e Deodápolis.

Já os com decretos estaduais são: Miranda, Rio Verde de Mato Grosso, Sete Quedas, Tacuru, Iguatemi, Eldorado, Itaquiraí, Novo Horizonte do Sul, Amambai, Coronel Sapucaia, Bela Vista, Antônio João, Coxim, Caracol, Santa Rita do Pardo, Aquidauana, Anastácio, Nioaque, Jardim, Bonito, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Japorã e Deodápolis.

Os decretos de situação de emergência têm validade por 180 dias. O reconhecimento estadual aumenta as chances dos municípios em obter recursos federais para a reconstrução de estragos, permite obras emergenciais e facilita as ações de assistência à população afetada pelo desastre.

Rio Paraguai

A Defesa Civil Estadual também continua a monitorar o rio Paraguai. Uma equipe liderada pelo tenente-coronel Fabio Catarinelli fará uma vistoria a partir de amanhã (16), até sexta-feira (18), no Pantanal. A régua em Ladário já marca 5,04 metros e existe risco de prejuízos para ribeirinhos e pecuaristas.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Contas públicas devem ficar negativas em R$ 102,385 bilhões
GERAL
BNDES explica nesta sexta-feira o modelo de apresentação dos 50 maiores contratos
MARACAJU
Homem é preso com cinco espingardas contrabandeadas do Paraguai
ECONOMIA
Índice que mede atividade da economia no Brasil recua em dezembro