Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
CRIME AMBIENTAL

Homem é preso por transporte de pescado e carne de animal silvestre

14 fevereiro 2020 - 08h00Por PMMS

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande e fiscais do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) realizavam fiscalização preventiva à pesca predatória na BR 262, no município de Terenos e prenderam nesta quinta-feira (13) às 14h30, um técnico em refrigeração por transporte de produto da pesca predatória e com carne de animal silvestre,

A PMA e os fiscais abordaram o infrator que estava em um veículo marca Fiat Palio, onde foram encontrados 8 kg de pescado da espécie cachara ainda frescos, que foram capturados no período de piracema e 12 kg de carne de animal silvestre da espécie queixada ou cateto. Ele afirmou que ganhara o pescado e a carne, quando estava trabalhando na reforma de um flutuante no município de Aquidauana e achava que a carne seria de porco doméstico. O pescado, a carne e o veículo foram apreendidos.

O infrator (50), residente em Campo Grande, recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Terenos, onde foi autuado em flagrante e responderá por crime ambiental de transporte de produto da pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Ele também recebeu multa administrativa de R$ 860,00 pelo pescado ilegal. Assim que a perícia identificar a qual animal pertence à carne, ele poderá ser multado em até R$ 5.000,00 e responderá por crime de transporte de produto da fauna, com pena prevista de até um ano e meio de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREMIAÇÃO
Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 170 milhões
INTERNACIONAL
Número de mortos pelo novo coronavírus na China chega a 1,6 mil
CORONEL PONCIANO
Homem é preso depois de tentar se livrar de sacola com 5kg de maconha
REGIÃO
Contratado via ‘WhatsApp’, paulista acaba preso com maconha em MS