Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Indios ameaçam fechar a MS 156 em Amambai

06 setembro 2011 - 08h05
Indios ameaçam fechar a MS 156 em Amambai

O Progresso

Parte dos membros da comunidade Indígena da aldeia Limão Verde no município de Amambaí ameaça fechar a MS 156, rodovia que dá acesso a cidade. A ação é uma resposta da comunidade a substituição do indígena Aurélio de Oliveira, diretor da Escola Municipal Indígena Tupã ‘I Ñadeva.


Segundo Ailton de Oliveira, também conhecido como Biguá, cacique rezador da Aldeia, parte da comunidade indígena é contrária a nomeação de um novo diretor, porque não foram consultados a esse respeito e ainda, segundo Biguá, a escola tem regimentos internos que facultam aos membros da comunidade a indicação para o cargo de diretor da escola.


A comunidade, através do Conselho da Associação dos Moradores da Aldeia Limão Verde, já teria encaminhado à Prefeitura de Amambai um documento indicando outros nomes para o cargo de diretor da Escola Indígena, mas segundo Biguá, até o momento, não houve resposta.


O caso


Nelson Castelão, capitão da Aldeia Limão Verde, encaminhou um abaixo assinado à administração municipal, solicitando a substituição do antigo diretor e indicando o nome de Isaias Sanches Martins para o cargo. Os indígenas alegam que o município ouviu apenas parte da comunidade indígena, e não essa como um todo, o que vem gerando atrito entre os próprios membros da comunidade indígena.


A prefeitura


O prefeito Nelson Luiz Lanzarini, disse ao jornal O PROGRESSO que atendeu uma solicitação encaminhada pelo líder da comunidade indígena. “A administração municipal apenas atendeu a um anseio dos indígenas, mas desconhecíamos o fato de apenas parte dela ter sido consultada para a indicação do diretor substituto”, disse Lanzarini.


O prefeito ainda argumentou sobre a necessidade de um consenso entre os membros da comunidade indígena no que diz respeito a indicação do nome para o cargo de diretor da escola indígena, e que a prefeitura está à disposição para resolver o assunto da melhor forma possível, evitando dessa forma o fechamento da MS 156.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher foragida da Justiça acaba presa em Aparecida do Taboado
SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19