Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020

MS atinge 21,58% da meta de vacinação contra influenza em 3 dias

03 maio 2016 - 10h00Por G1
Em três dias de campanha contra influenza, Mato Grosso do Sul imunizou 21,58% do público-alvo, segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). O grupo de risco corresponde a 582.399 pessoas. A meta do governo é imunizar pelo menos 80% desse público.

Conforme os dados do SIPNI, a população que mais procurou a vacina foi o das mulheres que recém deram à luz. Das 5.430 pessoas, 40,26% já foram imunizadas. Por outro lado, apenas 3,07% dos indígenas (2.140) e 16,40% das gestantes (5.419) foram vacinados.

A campanha começou no último sábado (30) e vai até dia 20 de maio. Em alguns lugares de Campo Grandetiveram tumultuo por falta de seringa, agulha e até vacina.


Na capital, a campanha vai até o dia 12. Até o momento, imunizou 16,64% do grupo de risco. O percentual foi puxado pelas púrpuras que atingiram 71,16%. Com exceção dos indígenas, os demais públicos não atingiram nem 10%.

Alguns municípios sul-mato-grossenses não repassaram as informações para o Ministério da Saúde. É o caso de Bonito, Figueirão, Japorã, Maracaju, Porto Murtinho e Vicentina. Os dados são atualizados a cada 1h30.

Em determinadas cidades, foram imunizados mais do que o previsto de certos públicos. Em Deodápolis, o grupo das mulheres que deram à luz recentemente atingiu 191,67%. Era esperado 24 pessoas, mas foram imunizadas 46.

Em Paraíso das Águas, mais do dobro das crianças foram vacinadas, representando 229,79%. Em Selvíria, o público que superou a expectativa foi dos trabalhadores de saúde com 121,18%.

População

Os números utilizados pelo SIPNI foram atualizados em junho de 2015. Para o estado, foram calculados 582.399 pessoas do grupo de risco, mas o governo prevê vacinar 680 mil.

A referência das crianças de até 2 anos foi baseada na projeção de 2013 do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) e as de até 4 anos e 11 meses na estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2012.

Em relação às gestantes, foram considerados 9/12 avos do total de nascidos vivos do Sinasc. O cálculo da população indígena foi baseado nos dados do Departamento de Saúde Indígena (Desai) de 2015. Os dados dos idosos também foram retirados do IBGE.

Por fim, os dados da população carcerária e os funcionários foram fornecidos pelo Ministério da Justiça em 2015.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Técnico de enfermagem e agente de viagem estão entre as 1,4 mil vagas de emprego disponíveis na Funtrab
TEMPO
Semana começa com aviso do Inmet para chuvas intensas em Mato Grosso do Sul
PANDEMIA
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
TRÁFICO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro em MS