13/11/2017 16h20

Pecuarista é autuado por desmatamento e exploração de madeira ilegal pela PMA

Os Policiais localizaram um desmatamento total a corte raso em uma área de 3 hectares

 

Da redação

(Divulgação). (Divulgação).

Policiais Militares Ambientais, durante fiscalização na zona rural de Anaurilândia, autuaram na sexta-feira (10) à tarde, o proprietário de uma fazenda, localizada à margem da rodovia MS-276, por desmatamento e exploração de vegetação de cerrado sem autorização do órgão ambiental.

O fazendeiro possuía uma autorização do órgão ambiental para derrubada e exploração de árvores isoladas em uma área de 197 hectares e explorou a mais, um total de 64 hectares.

Além disso, na propriedade os Policiais localizaram um desmatamento total a corte raso em uma área de 3 hectares, medidos em GPS pelos Policiais, com derrubada de diversas árvores de grande porte, para a exploração da madeira sem autorização ambiental.

O pecuarista (75), residente em Astorga (PR), foi autuado administrativamente e multado em R$ 22.500.

Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um a ano de detenção.

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet