Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9.9973-5413
LAGUNA CARAPÃ

Prefeito é afastado por nepotismo após nomear esposa como secretária

Denúncia é do Ministério Público e ocorreu em fevereiro deste ano

11 julho 2018 - 11h00Por Luiz Guilherme, com Correio do Estado

O prefeito de Laguna Carapã, Itamar Bilibio (MDB), foi afastado do cargo sob suspeita de nepotismo, após nomear a própria esposa, Vera Lúcia Lorenzoni Bilibio, como secretária de assistência social do município. Conforme reportagem do Correio do Estado, os dois foram afastados dos cargos e quase R$ 1 milhão foi bloqueado das contas bancárias deles.

A denúncia, feita pelo promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE) de Dourados, ocorreu em fevereiro deste ano, mas Vera Lúcia ocupava o cargo desde janeiro de 2013, quando Itamar assumiu o cargo pela primeira vez. Ele foi reeleito nas eleições de 2016.

Conforme a assessoria jurídica do promotor, o ato de nepotismo foi descoberto por um membro do MPE durante uma audiência em que a secretária participou. O caso foi repassado à promotoria que levantou informações e fez a denúncia.

O fato do município não ter Diário Oficial próprio dificultou a divulgação ampla da nomeação da esposa do prefeito como secretária municipal. O valor bloqueado de bens é de R$ 974.400 e inclui os salários recebidos por Vera Lúcia como secretária além de multas.

Com o afastamento do prefeito, determinado ontem (10), pela Justiça, o vice-prefeito Doreli Portella (PTB) assume o cargo. A reportagem tentou contato com o prefeito Itamar Bilibio, mas até o fechamento dessa matéria não teve as ligações atendidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARAGUAI
Advogada executada na fronteira ameaçava autoridades, afirma jornal paraguaio
POLÊMICA
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
MAIS PRAZO
Receita prorroga adesão ao Refis Rural para 28 de dezembro
ECONOMIA
Desemprego é maior entre nordestinos, mulheres e negros, divulga IBGE