Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
MATO GROSSO DO SUL

Produtos de higiene e limpeza têm diferença de até 259%, aponta Procon

25 abril 2019 - 11h30Por Da Redação

Pesquisa realizada por equipes da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon MS),  no período de 11 a 23 de abril em curso, tendo como foco produtos de higiene pessoal e limpeza verificou variação de até 259,60 % no preço de um dos produtos pesquisados.

A equipe do Procon Estadual  verificou preços de 298 itens, dos quais 163 estão sendo  divulgados por  constarem na quase totalidade dos nove estabelecimentos comerciais visitados. Do total de itens, o aparelho de barbear Bic confort com duas unidades foi o que apresentou maior variação, 259,60%. Enquanto no Supermercado Duarte o produto é  comercializado por R$ 2,50, no Walmart custa R$ 8,99.

Os estabelecimentos comerciais pesquisados foram Assai Atacadista (avenida Fábio Zahran), Atacadão (Costa e Silva), Comper (Spipe Calarge), Carrefour (Shopping Campo Grande), Duarte Rede Econômica (Manoel da Costa Lima), Extra (Joaquim Murtinho), Fort Atacadista (São Borja), Supermercado Pires (Marquês de Pombal) e Walmart (avenida Mato Grosso). Todos em Campo Grande.

A maior quantidade de itens com maior preço foi registrada no Extra Hipermercado, enquanto em relação ao menor preço quem mais apresentou itens foi o Fort Atacadista, onde, também foi encontrado o maior número de produtos cotados: “Novamente ficou demonstrada a conveniência de se pesquisar. A verificação de preços em  diferentes estabelecimentos  sempre resulta em economia para o consumidor”, comenta o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão.

O setor responsável pelas pesquisas no Procon Estadual realizou, também, trabalho comparativo entre os valores de comercialização de 113 produtos que constaram nos levantamentos feitos no ano passado (em 2018) e neste ano.  Neste caso, o mesmo item que consta com maior variação de preços este ano (aparelho de depilação Bic  comfort com duas unidades) apresentou evolução negativa  (- 55,72%), ou seja, foi encontrado no mercado com preços sensivelmente menores este ano de acordo com planilha”Variação Anual de Preços” 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
NOVA ANDRADINA
Ciclista morre após ter a cabeça esmagada por carreta
MATO GROSSO DO SUL
Governador nomeia Fábio Rombi Defensor Público-Geral do Estado