Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Sai primeira condenação de envolvidos na morte de Valdemir

15 setembro 2011 - 13h50
Sai primeira condenação de envolvidos na morte de Valdemir

Agazetanews

Saiu essa semana a primeira condenação do caso do latrocínio (roubo seguido de morte) que teve como vítima o professor universitário e funcionário do DETRAN/MS em Amambai, Valdemir Alves da Silva, de 37 anos, em Amambai.

Valdemir foi assassinado com 17 facadas no dia 15 de junho dentro de sua residência, situada na região da Vila Pimentel e teve sua moto roubada e vendida no Paraguai.

Através de trabalho de investigação a Polícia Civil de Amambai acabou desvendando o crime, identificado dois autores diretos, que participaram da execução da vítima, um adolescente de 15 anos e Adriano Fernandes Nogueira, o “Pingüim”, de 18 anos, e outro individuo que teria ajudado a levar a moto de Valdemir para o Paraguai, Michael Jhonatan Assunção. Todos foram presos.

Menor foi condenado

Mediante representação do Ministério Público Estadual, formulada pelo Promotor de Justiça, Dr. Etéocles Mendonça Dias Junior, da 1ª Promotoria e acompanhada pelo Promotor da Infância e da Juventude, Dr. Ricardo Rotunno, o juiz titular da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Amambai, Dr. Thiago Nagasawa Tanaka determinou a internação por tempo indeterminado do adolescente em uma unidade de recuperação de menores infratores.

Se permanecer a sentença, já que ainda cabe recurso junto ao Tribunal de Justiça do Estado, em Mato Grosso do Sul, o adolescente terá que permanecer internado por pelo menos 3 anos.

Quando completar a maioridade ele terá que ser solto e seus antecedentes criminais extintos, de acordo com o que determina a legislação brasileira.

Os dois maiores envolvidos no crime, Pingüim e Jhonatan, permanecem presos no Estabelecimento Penal de Amambai (EPAM) a espera do julgamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher foragida da Justiça acaba presa em Aparecida do Taboado
SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19