Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021

Abate de bovinos cresce 34% e MS passa a ser 2º no ranking nacional

14 dezembro 2012 - 13h10
Campograndenews


O abate de bovino em Mato Grosso do Sul cresceu 34,5% no primeiro trimestre deste ano e fez o Estado ficar na 2ª posição do ranking nacional. Com 1,032 milhões de cabeças abatidas, MS saiu da terceira posição, que ocupava no mesmo período do ano passado, ultrapassou São Paulo, e já se aproxima de Mato Grosso, o atual primeiro colocado com 1.299 milhões de abates.

Os dados são da pesquisa de Produção Pecuária, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e divulgada nesta quinta-feira (13).

O crescimento no Estado contribuiu para o recorde no índice de abate bovino em todo país, entre os meses de julho, agosto e setembro. Ao todo, foram abatidas 8,027 milhões de cabeças de bovinos, representando de 10,2% de aumento em relação ao mesmo período de 2011 e 5,0% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Esse foi o número mais alto registrado pela Pesquisa Trimestral de Abate de Animais, que começou a ser divulgada em 1997.

De acordo com o levantamento, dois fatores contribuíram diretamente para o aumento: redução dos preços da carne bovina, média de 4,1%, e o aumento das exportações, em 16,7%. Mato Grosso do Sul ocupa a 4ª posição, com 11% das exportações de carne in natura.

Suínos e frangos – O Estado ainda registrou aumento de 14,9 no abate de suínos, com 315. 286 mil abates. No país, foram 9,493 milhões de cabeças de suínos abatidos, aumento de 7,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 4,7% frente ao mesmo período de 2011.

Já no que respeito aos frangos, houve redução de 8,5 e o Estado fechou o terceiro semestre com 35,131 milhões de abate. Em todo país, o índice fechou em 1,340 bilhão de cabeças, o que representa aumento de 5,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 0,7% frente ao mesmo período de 2011.

Leite, couro e ovos – A pesquisa ainda revela dados sobre a produção de derivados, como o couro, que registrou aumento de 30% no Estado.

No caso do ovo, MS teve aumento de 0,5%, com a produção de 8.688 mil ovos. Em todo país, a produção de ovos de galinha foi de 677,8 milhões de dúzias no 3º trimestre de 2012, um aumento de 4,2% sobre o mesmo período de 2011.

A quantidade de leite, adquirido e industrializado, teve média de 10% de aumento em Mato Grosso do Sul. A aquisição de leite cru, em todo país, correspondeu a 5,526 bilhões de litros, indicando aumentos de captação, tanto com relação ao 3º trimestre de 2011 (3,5%), quanto com relação ao 2º trimestre do ano corrente (5,6%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS