Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
ECONOMIA

Abate de bovinos tem queda de 8,5%, anuncia o IBGE

Produção de ovos atinge 4 bilhões de dúzias, 3% a mais que 2019

18 março 2021 - 12h45Por Agência Brasil

O abate de bovinos no país caiu 8,5% em 2020, depois de três anos de crescimento. Segundo dados divulgados hoje (18), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram abatidos 29,7 milhões de animais no Brasil no ano passado.

“A arroba subiu de preço, o bezerro, um dos principais insumos de produção, está escasso e valorizado. Isso quer dizer que quem tem fêmea, retém para criação de mais bezerros”, disse Bernardo Viscardi, pesquisador do IBGE.

Por outro lado, os abates de suínos e de frangos atingiram valores recordes em 2020. Os suínos, por exemplo, vêm apresentando crescimento no abate desde 2005. No ano passado, foram 49,3 milhões de animais, 6,4% a mais do que em 2019.

No caso dos frangos, foram abatidos 6 bilhões de animais, um aumento de 3,3% em relação ao ano anterior.

Também tiveram valores recordes em 2020 a produção de ovos, com 4 bilhões de dúzias (3% a mais que 2019), e a aquisição de leite pelas unidades processadoras, com 25,5 bilhões de litros (alta de 2,1%).

A aquisição de couro pelos curtumes fechou 2020 com uma queda de 7,4% em relação a 2019. Foram adquiridos 30,8 milhões de peças inteiras de couro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de março superou as melhores expectativas, diz Guedes
COTAÇÃO
Dólar fecha em leve alta após mudanças no Orçamento
POLÍTICA
Câmara: plantio de maconha para fins medicinais tem parecer favorável
REGIÃO
Polícia Militar no Distrito do Boqueirão apreende 1,5kg de maconha