Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021

Ao deixar prisão em Goiás, Cachoeira promete fazer revelações

Ao deixar prisão em Goiás, Carlinhos Cachoeira promete fazer revelações

12 dezembro 2012 - 13h30
G1



O contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, prometeu fazer revelações sobre a sua relação com políticos e autoridades. Ao sair do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na noite desta terça-feira (11), ele afirmou que pedirá autorização do seu advogado para falar o que sabe.

“Agora eu acho que vou falar realmente. O PT sabe que eu sou o Garganta Profunda do PT”, disse, referindo-se ao escândalo de espionagem Watergate, que estourou em junho de 1972 e culminou com a renúncia do então presidente americano Richard Nixon.

O bicheiro afirmou que gostaria de falar ainda na quarta-feira (12) e criticou o relatório da CPI do Cachoeira: “Amanhã tem relatório final da CPI e vou falar também de alguns personagens que a Delta [construtora] tem diretamente participado na vida deles, que hoje estão na CPI e fazendo um relatório totalmente sem escrúpulo”.

Beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, na tarde desta terça-feira, ele acha que a justiça foi feita. “Aliviado vou ficar na hora que este processo estiver trancado. Ele realmente vai ser trancado porque as provas são todas colhidas ilegalmente”, acusa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região
PMA de Naviraí surpreende dois caçadores e apreende duas armas e munições escondidas
POLÍTICA
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães
INFRAESTRUTURA
Abertura de novos corredores logísticos dará mais competitividade ao agronegócio de MS
BRASIL
Sinal digital de TV já chega a 90% dos brasileiros