Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021

Aprenda a evitar pêlos encravados e tire dúvidas sobre o assunto

Aprenda a evitar pêlos encravados e tire dúvidas sobre o assunto

25 abril 2012 - 15h50
Terra


Depois da depilação, os pelos encravados e as bolinhas vermelhas com pus (foliculite) costumam incomodar muitas mulheres. Aparecem no bumbum, virilha, pernas... Quer saber como evitar o problema e tratá-lo? Então, confira essas e outras curiosidades, listadas pela dermatologista Paula Cabral, da Clínica Hagla, no Rio de Janeiro.

O pelo encrava porque a pele se torna espessa devido a agressões, como depilação, atrito com roupas ou compressão.

Foliculite (infecção nos folículos pilosos) está relacionada ao pelo encravado. É que a inflamação é a única forma que o organismo tem para expulsar um pelo. Então, inflama e forma o pus para aumentar a pressão e fazer com que saia.

Para evitar, faça uma leve esfoliação um dia antes da depilação. Repita a operação alguns dias depois.

Use roupas folgadas e ventiladas sempre que se depilar. Isso também ajuda a evitar o problema.

Evite comprimir a área da depilação e crie o hábito de usar bucha vegetal no banho.

Quando o pelo está encravado, não tente retirá-lo, pois pode provocar mais inflamação. Além disso, não se deve manusear a região, porque é uma porta aberta para bactérias e fungos. Vale usar bucha vegetal. Se o pelo encravado estiver com uma inflação com pus, o ideal é procurar um dermatologista.

As peles negra e morena são mais propensas ao problema por causa da constituição do pelo. Mas tudo depende do cuidado pessoal.

Entre os possíveis tratamentos que o dermatologista pode indicar para a foliculite estão as esfoliações químicas (peelings de ácido glicólico, salicílico ou mandélico, feitos somente em clínicas por profissionais habilitados) ou mecânicas (peeling de cristal e de diamante, também realizados em clínicas). Nesses casos, é indicado que o paciente não se exponha ao sol antes ou depois da aplicação para evitar o surgimento de manchas. Após o procedimento, a dica é aplicar um hidratante. Nos casos mais graves, quando a pessoa desenvolve uma inflamação muito severa que se transforma em infecções, existe a possibilidade de remover os pelos por meio do laser.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Homem que seguia para Campinas com mais de 70 quilos de maconha foi preso pelo DOF
IMUNIZAÇÃO
Secretaria de Estado de Saúde distribui aos municípios 97.500 doses da vacina da Astrazeneca
CAARAPÓ
Policia Civil fecha ponto de distribuição de drogas
NAVIRAÍ
PMA surpreende caçador, apreende arma e munições escondidas dentro do veículo e frustra caça ilegal