quarta, 17 de abril de 2024
ECONOMIA

CAE debate na quinta situação do mercado de reforma de pneus

09 agosto 2022 - 17h00Por Agência Senado

O impacto econômico da venda de pneus novos diretamente pelos fabricantes aos transportadores será debatido pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta quinta-feira (11), em audiência pública interativa marcada para as 9h.

Os dois requerimentos para a realização da audiência são da senadora Margareth Buzetti (PP-MT), suplente do senador Carlos Fávaro (PSD-MT). Ela assumiu a cadeira em junho passado. A senadora é empresária do setor de reforma de pneus.

No requerimento, a senadora explica que, em ofício, a Associação Brasileira de Reforma de Pneus (ABR) e Associação Brasileira dos Revendedores de Pneus (Abrapneus) denunciaram supostas operações ilegais realizadas por transportadoras. Elas estariam comprando pneus novos "em quantidade superior ao necessário", revendendo-os "por valores bem abaixo do mercado" e utilizando o excedente "para efetuar o pagamento de fretes e outros serviços, sem emissão de documento fiscal", prejudicando assim as empresas de reforma e revenda de pneus.

É possível enviar contribuições à audiência pelo portal e-Cidadania.

Ao todo, são dezesseis convidados para a audiência, entre presidentes de empresas fabricantes de pneus, secretários estaduais da Fazenda e representantes de associações de empresas do setor de reforma de pneus. Até a última terça-feira (9), ainda não havia confirmação de suas participações. Constam da pauta da audiência os seguintes nomes:

Florent Menegaux, CEO mundial da Michelin;

Richard J. Kramer, CEO mundial da Goodyear;

Eduardo Celso Fonseca, CEO da Prometeon Tyre Group Ind. Brasil Ltda. (representante da marca Pirelli);

Vicente Marino, presidente da Bridgestone para a América do Sul;

Frédéric Sebbagh, presidente da Continental para a América do Sul;

Hisaya Kamohara, presidente da Sumitomo Rubber no Brasil (representante da marca Dunlop);

Alexandre Pascoli Moreira, presidente em exercício da Associação Brasileira da Reforma de Pneus (ABR);

Luiz Henrique de Oliveira Santos, advogado e assessor jurídico da ABR;

Dirceu Delamuta, presidente da Associação Brasileira de Revendedores de Pneus (Abrapneus);

Julio Cesar Vieira Gomes, secretário especial da Receita Federal;

Fábio Fernandes Pimenta, secretário de Fazenda do Mato Grosso;

Felipe Salto, secretário de Fazenda do estado de São Paulo;

Renê de Oliveira Garcia Júnior, secretário de Fazenda do Paraná;

Gustavo de Oliveira Barbosa, secretário de Fazenda de Minas Gerais;

José Roberto Tadros, presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC);

Paulo Sérgio Paschoal, membro do Conselho de Administração da companhia DPaschoal.

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal eCidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal eCidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Fonte: Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

50+

Funtrab e rede supermercadista lançam 'Feirão da Empregabilidade' para contratação de profissionais

DETRAN-MS

Curso especial para condutores infratores ultrapassa 90% de aprovação

DESENVOLVIMENTO

Com R$ 3,2 bilhões, MS teve aumento de 227% nos investimentos públicos nos últimos três anos

TRAGÉDIA

Mãe e filho morrem e três ficam feridos em acidente no domingo de Páscoa