Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
ECONOMIA

Empregador tem até hoje para pagar parcela de FGTS suspenso

Medida ajudou empresas durante segunda onda da pandemia

06 setembro 2021 - 10h30Por Agência Brasil

Cerca de 100 mil empregadores que aderiram à suspensão do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), entre maio e agosto, terão de quitar a primeira parcela dos pagamentos adiados até hoje (6). Os recolhimentos suspensos serão parcelados até dezembro de 2021.

Implementada pela Medida Provisória 1.046/21, a suspensão por quatro meses do pagamento das contribuições ao FGTS foi tomada para ajudar empresas afetadas pela segunda onda da pandemia de covid-19. Segundo a Caixa Econômica Federal, a medida contribuiu para a preservação de 7 milhões de empregos.

A consulta aos valores devidos e a emissão das guias de pagamento podem ser feitas na plataforma www.conectividadesocial.caixa.gov.br. De acordo com o banco, R$ 5,9 bilhões deixaram de ser recolhidos ao FGTS nos últimos quatro meses.

O empregador que não estiver em dia com o FGTS não poderá emitir o Certificado de Regularidade do FGTS - CRF. Nos casos em que o recolhimento ocorrer após a data de vencimento, haverá a incidência de encargos. A Caixa recomenda aos empregadores que acessem o endereço eletrônico do banco, de forma antecipada, para obterem todas as informações necessárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013
MEIO AMBIENTE
Estado já tem 1.688 barragens regularizadas junto ao Imasul, maioria de pequeno porte
POLÍCIA
Homem é preso em flagrante por policiais civis suspeito de tentar estuprar a própria sobrinha
SAÚDE
ANS: cai ocupação de leitos de UTI para atendimento à covid-19