Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021

Empresário diz que Pato quer jogar no Corinthians: "É como Barça e Real"

20 dezembro 2012 - 13h50
IG



Na tentativa do Corinthians em trazer o Alexandre Pato, um fator decisivo pesa a favor da equipe brasileira. O empresário do atacante, Gilmar Veloz, revela que o jogador do Milan deseja atuar no atual campeão da Libertadores e do Mundial, e o próprio agente ressalta a vontade de ver o cliente com a camisa corintiana.

"Tem todos os ingredientes. Quem não quer o Corinthians? O Corinthians está como Barcelona, Real Madrid e grandes clubes do mundo", disse Veloz à rádio Estadão/ESPN , lembrando que ele e Pato estiveram no Pacaembu em 4 de julho para ver o time derrotar o Boca Juniors na final da Libertadores.

"O Pato tem um carinho e um respeito muito grande pelo Corinthians. Não é de hoje que é um admirador muito grande do clube, tanto que fomos ver a final da Libertadores. Além de ter um respeito muito grande pelo Tite. Se houver a possibilidade, obviamente ele vai estudar com muito carinho e respeito", prosseguiu.

A rede de televisão italiana Sky Sports divulgou na segunda-feira a venda do atacante ao Corinthians por cerca de 15 milhões de euros (cerca de R$ 42 milhões). Nenhum dos clubes confirmou, mas o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, chegará na próxima semana ao Brasil para passar férias e tratar do negócio com o Timão.

Veloz já avisa: o acerto ocorrerá sem dificuldades, mesmo que seja por empréstimo. "É um negócio fácil porque o jogador tem um ano e meio de contrato. Mas tem que esperar oficializar a proposta ou o interesse para falarmos oficialmente de uma coisa concreta. Por enquanto, estamos trabalhando na especulação", falou Veloz, que também é empresário de Tite e demonstra ansiedade por ver os dois clientes juntos.

"O Corinthians é um clube grande, que acabou de ser bicampeão mundial e está se reestruturando. Se tiver a oportunidade e as coisas forem se concretizando, vai ser para o jogador uma coisa muito importante vir para um dos maiores clubes do Brasil. Ele quer vir e trabalhar no Brasil com outros grandes jogadores que estão aqui. Será importante. Tomara que se concretize", declarou.

*com Gazeta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região
PMA de Naviraí surpreende dois caçadores e apreende duas armas e munições escondidas
POLÍTICA
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães
INFRAESTRUTURA
Abertura de novos corredores logísticos dará mais competitividade ao agronegócio de MS
BRASIL
Sinal digital de TV já chega a 90% dos brasileiros