Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021

03 novembro 2011 - 16h00
Terra

Um britânico admitiu em tribunal ter ministrado esteroides para sua esposa com o objetivo de fazê-la sentir-se gorda e preferir ficar em casa, cuidando da família em vez de trabalhar, segundo a imprensa local.

Segundo jornais ingleses, Dalwara Singh recebeu do tribunal da cidade inglesa de Leicester uma sentença de 12 meses de prisão com suspensão condicional, o que significa que ele não terá de cumprir a pena a não ser que cometa outra infração nos próximos dois anos. "Você fez isso para que ela desistisse de seu emprego, ganhasse peso e ficasse em casa, dependente de você", disse o juiz, ao ler a sentença.

As drogas que o marido deu secretamente para a esposa a fizeram desenvolver pelos no rosto e costas, além de causar coceiras e erupções em sua pele. Quando a esposa disse que precisava ver um médico, ele disse que ela estava se preocupando sem motivos.

Após semanas, uma filha adolescente do casal flagrou o pai amassando remédios e o plano foi descoberto. A vítima tomou as drogas entre novembro de 2010 e janeiro deste ano. O casal está casado há 17 anos e tem um filho e uma filha, ambos adolescentes.

O pai saiu de casa, tem acesso limitado a seus filhos e se diz "profundamente envergonhado". Além da sentença suspensa, ele terá que frequentar aulas de um programa para combater abusos domésticos. Qualquer contato com sua esposa deve ser feito apenas por meio de advogados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DETRAN
Contran divulga novas regras para sistema de segurança de caminhões basculantes
SAÚDE
Brasil registra 1ª cirurgia contra diabetes tipo 2 feita com robô
ESPORTES
Brasil e México decidem vaga na final de Tóquio
PARANAÍBA
Polícia Militar recupera veículo furtado