Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021

Caminhonete derrubou muro da casa do humorista em Itajaí (SC).

Veículo estava em obra da prefeitura, que se comprometeu a pagar prejuízo.

04 novembro 2011 - 15h40Por Fonte: Matéria
“Foi um susto tremendo. Quinze minutos antes do acidente meus filhos estavam na piscina. O pessoal tomou um susto grande”, afirma o humorista Dedé Santana, ao resumir a sensação que teve quando soube, por telefone, que o muro de sua casa tinha caído após ser atingido por uma caminhonete, há cerca de um mês, em Itajaí (SC).

Dedé conversou com o G1 nesta sexta-feira (4) sobre o incidente antes de se preparar para uma série de apresentações no circo de um amigo, em Lagarto (SE). “Estava gravando o Programa do Didi quando recebi uma ligação me avisando sobre o que tinha acontecido. Foi uma triste notícia”, disse.

O humorista afirma que “a caminhonete ficou sem freio e bateu no muro, inclusive com funcionários dentro da caçamba”. “As câmeras de segurança gravaram tudo. Na minha piscina, tenho três pedras grandes que formam uma cascata, uma espécie de fonte. A pedra de cima tem um formato de concha e, quando o muro caiu, essa pedra foi parar na água, onde estavam meus filhos instantes antes.”

Segundo ele, apenas a família e os funcionários estavam no imóvel. “Minha mulher Cristiane e meus três filhos, o Marquinhos, a Yasmin e a Taynara estavam lá. Dois dos meus filhos estavam na piscina pouco antes de a pedra da fonte cair na água. Eles estavam com um amigo e graças a Deus que ninguém se machucou”, disse o humorista.

Dedé também comentou a falta de sorte que ele e seu parceiro Didi enfrentaram recentemente com suas casas. “Eu até brinquei e falei que essas coisas ruins estão acontecendo apenas nas casas de humoristas. Entraram na casa do Didi para assaltar, me parece que só levaram um óleo de bronzear. Agora acontece isso com a minha casa.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO
PMA prende infrator por pescar no rio Formoso, onde a pesca é proibida e por porte de maconha
NOTÍCIAS
GPS Eletrônico ultrapassa 1 milhão de visualizações
EDUCAÇÃO
Mais de 88 mil estudantes serão beneficiados nesta primeira fase do MS Alfabetiza
ECONOMIA
FGV: confiança da construção cai em outubro após cinco meses de alta
Índice recuou 0,3 ponto de setembro para outubro