Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

Novo Maracanã terá estátua em homenagem a Pelé

07 janeiro 2013 - 15h10
Jornal do Brasil


Preparada para ser inaugurada na reabertura do Maracanã, este ano, a estátua de bronze do “Rei” Pelé recebe os retoques finais do cartunista Ique. A obra é considerada um desafio para o artista por retratar um dos esportistas mais famosos do mundo. Inspirada na comemoração do ex-jogador após gol marcado contra a Tchecoslováquia na Copa de 1970, a escultura foi feita com base em fotos de todos os ângulos de Pelé. Detalhes como o cabelo geométrico foram reproduzidos fielmente por Ique, que considera este um de seus trabalhos mais importantes.

" É uma honra fazer um trabalho que ficará para a eternidade. Já tenho no Maracanã uma obra do João Saldanha e sempre fui um “peladeiro”. Lembro que tinha oito anos na Copa de 70. Ter visto o Pelé jogar é uma lembrança incrível da minha infância", disse o artista.

A estátua terá 1,84 metros de altura por retratar o salto no ar do ex-jogador. Ique chegou a convidar um engenheiro calculista para auxiliá-lo, já que a escultura se fixa em apenas um ponto e tem aproximadamente 300 quilos. O artista já retratou outras personalidades em estátuas como Michael Jackson, que está no Morro Santa Marta, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, João Saldanha, no Maracanã, Martinho da Vila, na cidade de Duas Barras, e Renato Russo, na Ilha do Governador.

Segunda a secretária de Esporte e Lazer, Marcia Lins, o novo Maracanã não poderia deixar de homenagear o “Rei do Futebol”.

"O Pelé teve uma participação fundamental em vários momentos da vida do Maracanã. A escultura será um monumento especial e incrível em um ano em que a gente está se preparando para a Copa das Confederações e que o Maracanã estará reabrindo com grandes novidades", explicou a secretária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular