Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021

Pedro melhora, mas vai continuar em coma induzido

Pedro melhora, mas vai continuar em coma induzido

24 abril 2012 - 14h50
G1


O cantor Pedro Leonardo, filho do sertanejo Leonardo, deve permanecer sob sedação profunda e passará por oito horas de hemodiálise, segundo informações do boletim médico divulgado na manhã desta terça-feira (24), no Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG).

De acordo com o boletim, o jovem está febril e com pressão intracraniana dentro dos limites aceitáveis e respirando com ajuda de aparelhos. Ainda estão sendo usados, segundo informações do boletim, medicamentos em doses altas para controle da pressão arterial.

Segundo o boletim, o paciente continua grave, porém, com diminuição do edema cerebral.

Noite tranquila

O médico intensivista e diretor da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do IOG, Wandervan Azevedo, afirmou ao G1 que o Pedro passou bem a noite de segunda-feira (23) para terça-feira (24) e que não houve intercorrência. "Conseguimos até reduzir um pouco das drogas e ele não teve febre", comenta.

Ainda de acordo com Wandervan, o inchaço do cérebro reduziu consideravelmente. Sobre a lesão pulmonar, o médico afirmou que Pedro fará um exame de imagem ainda nesta terça-feira e que os resultados serão avaliados no final da manhã desta terça.

A assessora de Leonardo, Ede Cury, informou que a família está otimista: “Nós ficamos muito felizes com isso. Já são 24 horas depois da para cardiorrespiratória, então é um bom sinal”, avalia. O secretário de Leonardo, Marcelo Borges, também confirmou a melhora de Pedro. Segundo ele, sempre que há alguma mudança no quadro de saúde do jovem, os médicos o avisam. "Ninguém ligou para mim durante a noite", afirma Marcelo.

Família

Após as complicações ocorridas entre a noite de domingo (22) e a manhã de segunda-feira (23), a família de Leonardo está conseguindo se recuperar um pouco do estresse vivenciado com a febre de 40 graus e a parada cardíaca que o paciente teve. De acordo com a assessora de imprensa de Leonardo, Ede Cury, na manhã desta terça-feira (24), todos estariam descansando. Apenas um primo de São Paulo estaria no hospital por volta das 8h desta manhã. O pai de Pedro, Leonardo, visitou o filho no final da tarde de segunda-feira e teria permanecido no hospital até as 20h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Ricardo Salles pede demissão do Ministério do Meio Ambiente
ECONOMIA
Governo deve anunciar prorrogação do auxílio nesta semana, diz Guedes
MEIO AMBIENTE
PMA realiza orientação em 257 propriedades rurais, com 12,7 mil km rodados em prevenção aos incêndio
JUSTIÇA
STF confirma decisão que considera Moro parcial no caso do tríplex