Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
POLÍTICA

Senado aprova proteção a trabalhadoras gestantes durante pandemia

Texto segue para sanção presidencial

16 abril 2021 - 07h45Por Agência Brasil

O Senado aprovou nesta quinta-feira (15) um projeto de lei (PL) que garante à empregada gestante o afastamento do trabalho presencial durante o período da pandemia sem prejuízo do recebimento do salário. O PL foi aprovado por unanimidade, em votação simbólica. Conforme o projeto, a funcionária gestante deverá permanecer à disposição do empregador em trabalho remoto. O projeto segue para sanção presidencial.

“A trabalhadora na referida condição, além de necessitar de cuidados especiais para a preservação de sua saúde, tem que adotar todas as medidas possíveis para a proteção da vida que carrega. Não pode ficar exposta a este terrível vírus, que pode ceifar a sua vida, a de seu filho, bem como arrasar o seu núcleo familiar”, afirmou a relatora do projeto no senado, Nilda Gondim (MDB-PB), em seu parecer.

O projeto, de autoria da deputada Perpétua Almeida (PCdoB), é do ano passado e determinava como prazo de duração da medida o estado de calamidade pública reconhecido pelo Congresso Nacional, mas o decreto legislativo que tratava da calamidade pública já perdeu a validade. Por isso, Gondim alterou um trecho do texto, retirando a citação do decreto legislativo. Em seu lugar, o projeto cita “emergência de saúde pública de importância nacional” como período de validade da medida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk recebe moção de agradecimento por destinação de emenda à Itaquiraí
CIDADE
Já está em vigor lei que reduz ICMS da energia elétrica para 1 milhão de unidades consumidoras
SAÚDE
Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos
OPERAÇÃO HÓRUS
PM do Vale do Ivinhema apreende mercadorias oriundas do Paraguai avaliadas em 800 mil reais