domingo, 25 de fevereiro de 2024

SindJor-MS explica episódio de faixa publicada em site de humor nacional

SindJor-MS explica episódio de faixa publicada em site de humor nacional

23 maio 2012 - 15h30
MS Já


Uma foto publicada recentemente pelo site de humor nacional Kibe Loco teve repercussão nas redes sociais, principalmente de usuários de Mato Grosso do Sul. A foto fez parte do quadro "PRACAS DO BRAZIU", que mostra as famosas "pérolas" cometidas em todo o país com a língua portuguesa. O detalhe é que a faixa foi relacionada ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (SindJor-MS).

Devido a isso, o sindicato publicou hoje esta nota:

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (SindJor-MS), considerando os recentes episódios envolvendo seu nome, vem a público esclarecer que a faixa ilustrada em fotografia publicada no site humorístico Kibe Loco (http://kibeloco.com.br/) e compartilhada em sites e redes sociais foi produzida sem sua autorização e afixada sem o seu conhecimento.

Em e-mail enviado ao Sindicato, o autor das imagens forneceu, gentilmente, informações sobre a localização e a época na qual foi registrada a faixa. Assim, o SindJor-MS entrou em contato com a instituição indicada pelo autor das imagens para averiguar as circunstâncias nas quais a faixa foi produzida e exposta, tendo sido informado que tratava-se de um evento beneficente organizado pela Comunidade Maria Mãe da Igreja e Paróquia São Francisco de Sales, em setembro de 2011, que contou com o apoio do Sindicato.

O SindJor-MS ressalta que não concedeu autorização para os organizadores do evento produzirem ou divulgarem quaisquer materiais institucionais que envolvessem seu nome. Foram mostradas, a alguns integrantes da Paróquia e da Comunidade Maria Mãe da Igreja, todas as publicações decorrentes da exposição da referida fotografia na Internet e os prejuízos imensuráveis causados à imagem do Sindicato em decorrência da atribuição indevida da autoria da faixa ao mesmo.

Em vista disso, a Paróquia e a Comunidade enviaram carta de retratação na qual afirmam que produziram e afixaram a faixa de forma espontânea e, em nenhum momento, houve a intenção de expor de forma negativa a imagem do Sindicato. Ainda, informaram que não tinham conhecimento que a mesma havia sido fotografada e exposta no site Kibe Loco. No documento, a Paróquia e a Comunidade reconhecem o erro de não terem submetido a faixa à revisão ortográfica e, até mesmo, à aprovação do Sindicato. Finalizam a carta com pedidos de desculpas ao SindJor-MS.

Por oportuno, registra-se que o autor da fotografia também enviou nota de esclarecimento e pedido de retratação junto ao Sindicato na qual relata que não teve intenção de afetar a moral ou a credibilidade do Sindicato, de seus membros e dirigentes ao registrar a faixa. Afirma que o seu objetivo foi apenas registrar e que faria o que estivesse ao seu alcance para retirar a imagem do ar, finalizando a sua nota com pedidos de desculpas ao Sindicato.

A íntegra da carta de retratação da Paróquia e da Comunidade e do e-mail com a nota enviada pelo autor da fotografia estão arquivados e à disposição para consulta de quaisquer interessados, na sede do Sindicato.

O SindJor-MS aproveita a oportunidade para reiterar o seu pedido para que, em qualquer publicação envolvendo o nome do Sindicato, os fatos sejam informados imediatamente à Diretoria, para que seja verificada sua autenticidade e legitimidade, evitando assim, divulgação equivocada perante os meios de comunicação existentes. Sempre estivemos à disposição pelo telefone, e-mail e redes sociais para dirimir quaisquer dúvidas e questionamentos. E assim continuaremos.

Campo Grande, 23 de maio de 2012.

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE MATO GROSSO DO SUL

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE

Colisão entre carro e carreta mata casal na BR-163

JARDIM TROPICAL

Jovem fica ferida após ter moto atingida por caminhão na Weimar

ECONOMIA

Saiba como o FGTS Futuro contribuirá para compra da casa própria

DOURADINA

Corpo de idoso é encontrado em decomposição