sexta, 24 de maio de 2024
EDUCAÇÃO

Universidades acusam MEC de atrasar dados do Prouni necessários para a matrícula de selecionados

12 agosto 2022 - 13h30Por G1

Universidades e entidades do ensino superior estão, desde quinta-feira (11), acusando o Ministério da Educação (MEC) de atrasar a divulgação de dados do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e comprometer o processo de matrícula dos alunos para o segundo semestre.

A pasta, em resposta, diz que está fazendo ajustes no sistema para que nenhum candidato seja prejudicado.

Veja o resumo do problema relatado pelas instituições:

Em 9 de agosto, os candidatos tiveram acesso ao resultado da 1ª chamada para as bolsas de estudo.

Aqueles que foram pré-selecionados devem, até a próxima quarta-feira (17), entregar a documentação para a instituição de ensino (comprovando, por exemplo, a renda familiar). Só assim terão a vaga garantida.

As universidades, no entanto, afirmam que, até esta sexta-feira (12), ainda não haviam recebido do MEC as listas de pré-aprovados no Prouni. Sem esses resultados, não há como solicitarem os documentos dos alunos e formalizarem as matrículas.

"Sem a listagem, todas as outras etapas [do Prouni] estão travadas", afirma a Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES), em ofício apresentado ao MEC.

"Os candidatos estão comparecendo às instituições de ensino (...) e aguardando um posicionamento que, até o momento, elas não conseguem oferecer. O erro é no sistema do Prouni."

É o caso de Liliane Novaes, de 26 anos, que foi pré-selecionada em odontologia na Universidade Cidade de São Paulo (Unicid). Ela ainda está à espera de orientações sobre a documentação.

"Estou aflita e insegura. Não adianta ir até a faculdade. Mandei e-mail e disseram que é atraso do MEC", conta.

Outra entidade, a Associação Brasileira das Instituições Comunitárias de Educação Superior (Abruc), também questionou os atrasos e acusou o MEC de atrapalhar os cronogramas das instituições de ensino.

"Enquanto as universidades não souberem quem são os aprovados, esses alunos perderão aulas. Dependendo da porcentagem de faltas, não vão poder cursar este semestre", diz Dyogo Patriota, assessor jurídico da associação.

Ao g1, o MEC afirmou que "está atuando para finalizar os últimos ajustes". "Nenhum candidato será prejudicado neste processo, e os resultados serão divulgados com a maior brevidade possível", diz a nota.

A ABMES solicita que a pasta prorrogue o prazo para a entrega da documentação. Questionado pelo g1, o ministério não respondeu sobre a alteração do cronograma do Prouni.

Cronograma atual do Prouni

Entrega da documentação: 9 a 17 de agosto

Resultado da 2ª chamada: 22 de agosto

Entrega da documentação da 2ª chamada: 22 a 31 de agosto

Lista de espera: 5 a 6 de setembro

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

SES abre consulta pública para validação da Linha de Cuidado da Pessoa com Sobrepeso e Obesidade

TEMPO

Segunda-feira tem manhã mais fresca e tarde amena

MS

Semana de Combate ao Assédio e à Discriminação do TJMS inicia na próxima segunda (13)

GERAL

Pesquisadoras falam dos desafios de conciliar maternidade com estudos