Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
Assassinato

Briga entre travestis termina com uma morta nas margens da BR-163

02 janeiro 2015 - 09h48Por Fonte: coximagora
A travesti “Verônika Bismarck” (Douglas dos Santos Pinheiro), de 20 anos, morreu por volta de 01h30min, desta quinta-feira (1º) de janeiro, após ser atingida por um golpe de canivete, nas margens da BR-163, em Coxim.A transexual “Mikaelly Martinez” (Ualisson Loan da Costa Martinez) de 18 anos, autora do crime, foi presa em seguida pela Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior).

Em sua versão contada a nossa reportagem, “Mikaelly” descreve que estava em uma festa quando recebeu uma ligação de “Verônica” cobrando uma dívida de outra travesti.

“Mikaelly” foi até as margens da rodovia de táxi com um amigo e quando chegou, encontrou “Verônica” acompanhada de “Barbara Bismarck” e outra travesti ainda não identificada. Após uma discussão, as três travestis teriam a agredido e cortado sua peruca com um canivete.

Num determinado momento, o canivete teria caído da mão da “Barbara Bismarck” quando “Mikaelly” pegou do chão e desferido o golpe fatal na região da jugular de “Verônika”, que correu na direção do posto de combustíveis mas não resistiu aos ferimentos e morreu.Em seguida, “Mikaelly” fugiu do local no mesmo táxi que a levou e se escondeu na residência de um amigo, no bairro Vila da Barra. No entanto, acabou sendo presa pela Rotai minutos depois confessando o crime e alegando legítima defesa.

O Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas quando chegaram ao local a vítima já estava sem vida.

Na versão de “Barbara”, “Mikaelly” chegou num táxi e começou a agredir “Verônika”, em seguida, a autora teria desferido um golpe na vítima e fugido.

A Rotai conseguiu localizar o canivete utilizado no crime, a arma foi entregue aos peritos do Núcleo Regional de Perícias de Coxim.

O delegado responsável pelo caso Gustavo Mussi, assim como agentes da Polícia Civil estiveram no local colhendo informações e investigando o homicídio.

Autora foi presa em flagrante e encaminhada para 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Coxim, onde deve passar por uma necropsia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de março superou as melhores expectativas, diz Guedes
COTAÇÃO
Dólar fecha em leve alta após mudanças no Orçamento
POLÍTICA
Câmara: plantio de maconha para fins medicinais tem parecer favorável
REGIÃO
Polícia Militar no Distrito do Boqueirão apreende 1,5kg de maconha