Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
SAÚDE

Covid-19: MS tem mais de 183 mil casos confirmados e 3,3 mil mortes

02 março 2021 - 12h00Por Portal MS

Mato Grosso do Sul já totaliza 183.105 casos confirmados de Covid-19, conforme o boletim epidemiológico publicado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta terça-feira (02.03). Clique aqui e veja o documento na íntegra.

O número total de mortes causadas pela doença é de 3.350 vítimas. No boletim constam 20 novos óbitos, registrados entre os dias 17 de fevereiro e primeiro de março.

Essas 20 mortes aconteceram em nove municípios: Campo Grande (8), Santa Rita do Pardo (1), Naviraí (2), Rio Brilhante (1), Ponta Porã (3), Três Lagoas (2), Nova Alvorada do Sul (1), Tacuru (1) e Corumbá (1). Entre as vítimas deste levantamento estão 13 homens e 7 mulheres.

De acordo os dados do boletim publicado hoje, um homem, morador de Três Lagoas, foi o mais velho a perder a vida para o coronavírus, com 91 anos de idade. O óbito foi registrado no dia 26 de fevereiro.  

Também do sexo masculino está a vítima mais jovem a morrer de Covid-19, conforme o levantamento de hoje. Foi um morador de Santa Rita do Pardo, com 32 anos de idade.

A ocupação de leitos apenas por Covid-19 nas cinco macrorregiões do Estado apresenta o seguinte panorama: Campo Grande com 52% de ocupação; Dourados com 51%; Corumbá 37% e Três Lagoas 52%.

Quando somado as internações de pacientes com outras doenças, o índice de ocupação de leitos aumenta: Campo Grande fica 91%; Dourados com 90%; Corumbá 66% e Três Lagoas 68%.

Pacientes em isolamento domiciliar somam 8.156; e 651 estão hospitalizados. São 345 em leitos clínicos (223 públicos e 122 privados), e 306 leitos de UTI (239 públicos e 67 privados).

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO HÓRUS
Mais de 670 quilos de drogas foram apreendidos pelo DOF
SAÚDE
Anvisa determina recolhimento de lotes da CoronaVac
LEGISLATIVO DE MS
Projeto que reduz conta de luz está entre os previstos para a sessão desta quarta-feira
DARK MONEY
Polícia Civil deflagra operação de combate a corrupção em Maracaju