terça, 16 de abril de 2024
MS

Curso formará profissionais para implantação do projeto Dar à Luz

20 maio 2022 - 13h00Por TJMS

Estão abertas até dia 25 de maio as inscrições para a 1ª turma do curso que abordará o Projeto Dar à Luz. A proposta de ação continuada foi idealizada pela Coordenadoria da Infância e da Juventude de MS (CIJ) e será realizada pela Escola Judicial (Ejud-MS) para servidores do Poder Judiciário e profissionais da rede de apoio à infância e profissionais da rede de saúde. O curso tem carga horária de 20 horas-aula, será ministrado no formato a distância e para essa turma foram disponibilizadas 40 vagas.

O projeto Dar à Luz foi criado para atender gestantes que voluntariamente entregam seus filhos para adoção. Assim, as mulheres que optam por entregar o/a filho/a são atendidas por profissionais da Coordenadoria da Infância e da Juventude ou da rede de apoio para compartilhar sentimentos, dúvidas, temores, tornando possível à gestante tomar uma decisão responsável e consciente, pois a entrega de um/a filho/a é muito difícil. Para isso é necessário que haja profissionais preparados para o acolhimento, o não julgamento e empatia para com essas mulheres, a fim de tornar essa entrega menos sofrida.

Desde sua implantação, o projeto foi desenvolvido apenas na comarca de Campo Grande e, ainda assim, muito contribuiu para auxiliar as gestantes em suas dificuldades emocionais quando da entrega de seus/as filhos/as para adoção.
 
Com a formação auto instrucional, o curso visa a formação de pessoas para a implementação do Projeto Dar à Luz nas comarcas do interior, além da formação de pessoal que atenda essas mulheres tanto na Capital quando nas demais cidades.

O conteúdo está dividido em fases e os participantes aprenderão sobre temas como: Sigilo na adoção; O direito de arrependimento da entrega do bebê; o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Marco Legal da Primeira Infância; Autonomia, confidencialidade e melhor interesse da criança no consentimento para adoção de um filho; Acolhimento da gestante; Assistência pré-natal das mulheres que entregam seus filhos em adoção; Cuidados com a mulher e família que entregam o bebê em adoção; e Protocolo humanizado de entrega de bebês à adoção em uma maternidade do DF.

Estão incluídos ainda no conteúdo programático: Os transtornos psicoafetivos no período perinatal; Os filhos e os transtornos psiquiátricos; Transtorno psiquiátricos na gestação e no puerpério: classificação, diagnóstico e tratamento; O papel da rede de apoio; A prática da psicologia no projeto Dar à Luz; Documento Psicológico; e Relatório Social.

O curso será realizado no período de 1º a 30 de junho e as inscrições podem ser efetuadas no site da Ejud-MS. Basta acessar o link, https://ejud.tjms.jus.br/,  clicar em Secretaria Virtual – SejudWeb, e, para quem ainda não é cadastrado/a é obrigatório o cadastro prévio. Depois de cadastrado/a clicar em inscrições e optar pelo “PROJETO DAR À LUZ - 1ª TURMA”.

Esta ação é gratuita!

“Quando você acolhe a mãe você protege a criança” – Doemia Ignes Ceni, Coordenadora de Apoio às Articulações Interinstitucionais da CIJ.

Deixe seu Comentário

Leia Também

50+

Funtrab e rede supermercadista lançam 'Feirão da Empregabilidade' para contratação de profissionais

DETRAN-MS

Curso especial para condutores infratores ultrapassa 90% de aprovação

DESENVOLVIMENTO

Com R$ 3,2 bilhões, MS teve aumento de 227% nos investimentos públicos nos últimos três anos

TRAGÉDIA

Mãe e filho morrem e três ficam feridos em acidente no domingo de Páscoa