Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
INOVAÇÃO

Em junho, SES entrega telefones celulares do Sistema e-Visita para mais 19 municípios

29 maio 2021 - 12h00Por Portal Governo MS

Mais dezenove municípios sul-mato-grossenses vão receber, no mês de junho, novos aparelhos de telefone celular para aprimorar o trabalho dos Agentes de Combate a Endemias (ACE’s) no Projeto e-Visita, implementado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). A medida faz parte da 2ª fase do programa, totalizando 1.055 aparelhos que irão substituir os antigos em todo o Estado.

Para aprimorar o programa, o Governo do Estado está aplicando investimentos de R$ 1.284.000 para atender 44 municípios do Estado. Em junho, serão beneficiados os ACE’s que trabalham nas seguintes cidades: Aquidauana, Miranda, Bonito, Bodoquena, Paraíso das Águas, Chapadão do Sul, Figueirão, Costa Rica, Alcinópolis, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Caracol, Inocência, Aparecida do Taboado, Cassilândia, Água Clara, Santa Rita do Pardo, Bataguassu e Brasilândia.

O e-Visita foi criado em Mato Grosso do Sul e começou a ser implantado em 2016. A tecnologia desperta interesse de outros Estados, como é o caso de Pernambuco.  Em MS, mais de dois mil profissionais estão envolvidos, entre agentes de campo, supervisores e coordenadores.

“Com essa tecnologia, em vez de fazer anotações no papel, o profissional, registra no aplicativo todas as condições encontradas podendo, se necessário, tirar fotos e enviá-las via on-line para o Município ou Estado. Desta forma, os gestores podem tomar decisões e providências de forma mais rápida e eficiente”, afirma Marcos Espíndola, responsável pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação da (CTEC), da SES.

Para possibilitar o uso adequado do sistema, a SES faz o treinamento dos agentes em seus próprios municípios ou em sedes regionais e entrega a cada um deles um smartphone com o aplicativo devidamente instalado, cujo aparelho está agora sendo substituído. A utilização da tecnologia depende da adesão dos municípios, uma vez que o cadastro das residências é feito com base em dados fornecidos pelas prefeituras.

“A concepção do e-Visita enquanto aplicativo para celulares e plataforma Web para gestão, propõe total mudança da abordagem do modelo anterior de registro das visitas domiciliares realizadas pelo Agente de Controle de Endemias”, explica Marcos Espíndola.

Em setembro de 2020, o Projeto e-Visita Endemias foi campeão na categoria Saúde, no 1º Prêmio de Boas Práticas do Brasil Central, que reúne sete estados da federação consorciados. A premiação é destinada a servidores que promovem experiências exitosas por meio de projetos inovadores.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destaca a importância deste projeto pioneiro no país. “A concepção do e-Visita enquanto aplicativo para celulares e plataforma Web para gestão, propõe total mudança da abordagem do modelo anterior de registro das visitas domiciliares realizada pelo Agente de Controle de Endemias. Isto tem nos dados excelentes resultados”.

Outros municípios

Já foram beneficiadas com a entrega de aparelhos celulares na segunda fase do Programa E-Visita as seguintes cidades: Amambai, Aral Moreira, Douradina, Itaporã, Ponta Porã, Deodápolis, Glória de Dourados, Novo Horizonte do Sul, Ivinhema, Taquarussu, Fátima do Sul, Caarapó, Naviraí, Juti, Coronel Sapucaia, Tacuru, Paranhos, Maracaju, Nova Alvorada do Sul e Sidrolândia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação
SAÚDE
Inmet alerta para onda de calor e umidade abaixo de 12% em Mato Grosso do Sul
REGIÃO
Polícia Militar prende dois homens por Tráfico de Drogas
JUSTIÇA
Justiça do Trabalho inicia Semana Nacional de Conciliação