Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
CRIME AMBIENTAL

Empresário é autuado em R$ 5 mil por construção de barracão para fábrica degradando área protegida de matas ciliares do rio Coxim

02 julho 2020 - 15h00Por PM-MS

Policiais Militares Ambientais de Coxim realizavam fiscalização no rio Coxim hoje (2), na região do bairro Piracema na cidade e localizaram uma obra de fundação para a construção de um barracão, degradando a mata ciliar do rio (área de preservação permanente – APP).

O proprietário, um empresário (62), realizava a obra para implantação de uma fábrica de postes, sem autorização ambiental. A limpeza para a fundação, já com início de implantação das colunas ocorreu a um metro do rio, quando no local deveriam ser conservados 200 metros como área protegida de preservação permanente.

As atividades foram interditadas. Pela infração administrativa, o proprietário recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Planos de saúde vão cobrir exames para detecção do novo coronavírus
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental e IBAMA fecham local de rinha, autuam proprietário em R$ 7 mil por maus-tratos e apreendem 4 galos de briga e uma ave silvestre
HOMICÍDIO QUALIFICADO
Motoentregador é morto a tiros em Campo Grande e suspeito é um colega de trabalho
Crime aconteceu na noite de quinta-feira (13), no local de serviço dos envolvidos.
ECONOMIA
Caixa credita auxílio emergencial para 4,1 milhões nascidos em agosto