Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
DIREITOS HUMANOS

Evento da Sedhast na próxima segunda-feira tem participação de Mario Sergio Cortella

03 junho 2021 - 11h00Por Portal Governo MS

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) realiza na próxima segunda-feira (7), o VI Colóquio Estadual de Direitos Humanos: perspectivas e superações. Neste ano o evento será 100% on-line, com transmissão a partir das 15h14 pela página da Sedhast no facebook, e contará com a participação especial do filósofo, Mario Sérgio Cortella. A condução do evento ficará a cargo da titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre e da superintendente da Política de Direitos Humanos da Sedhast, Ana Lúcia Américo.

“Em nossa sexta edição do colóquio estadual de direitos humanos, temos a grata satisfação de ter como palestrante um dos mais renomados educadores do Brasil, o professor Mário Sérgio Cortella. O que muito nos honra. Assim, a discussão que já tem sido relevante, proporcionará um leque mais abrangente da temática, possibilitando discorrer em tempos de pandemia os desafios e superações vivenciados pela pessoa humana dentro de um contexto real de análise e positividade”, pontuou a superintendente.

No evento, Mario Sérgio Cortella apresentará a palestra magna, com o título “Cenários turbulentos, mudanças velozes”. Nascido em Londrina (PR) em 1954, Cortella é filósofo e escritor, com Mestrado e Doutorado em Educação, professor-titular da PUC-SP (na qual atuou por 35 anos), com docência e pesquisa na Pós-Graduação em Educação e no Departamento de Teologia e Ciências da Religião. É professor-convidado da Fundação Dom Cabral e ensinou no GVpec da FGV-SP. Foi Secretário Municipal de Educação de São Paulo (1991-1992), tendo antes sido Assessor Especial e Chefe de Gabinete do Prof. Paulo Freire. É autor de diversos livros nas áreas de educação, filosofia, teologia e motivação e carreira.

O evento, que é realizado por meio da Superintendência da Política de Direitos Humanos (SUPDH), tem como público alvo acadêmicos, representantes das universidades, segmentos voltados à política dos Direitos Humanos, profissionais liberais, entre outros.

Assim como nas edições anteriores, o Colóquio deste ano vai possibilitar e propor a divulgação, união e interação da atuação de cada setor, enriquecendo e fortalecendo o desenvolvimento das ações da política de direitos humanos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORPO DE BOMBEIROS
Mais 100 bombeiros são enviados para combate aos incêndios no Pantanal
DEFESA DO CONSUMIDOR
Procon-MS divulga nova pesquisa de variação de preços dos produtos da Cesta Básica
POLÍTICA
Instalada comissão da Câmara que vai analisar PEC dos precatórios
SAÚDE
Governador volta a reforçar a importância de todos se vacinarem