Menu
Busca sexta, 23 de abril de 2021
Fronteira

Familia de brasileiros é feita refém no Paraguai; dois bandidos foram morto

21 novembro 2014 - 07h18Por Fonte: pontaporainforma
Uma tentativa frustrada de assalto transformou-se em momentos de terror para uma família de brasileiros na cidade de Santa Rita, no Paraguai (70 km de Cidade do Leste).

Segundo informações, por volta das 09h (horário local) de ontem, quarta-feira (19), homens armados tentaram roubar uma caminhonete Toyota/Hilux. Porém, um dos vizinhos viu a ação dos criminosos e acionou a Polícia.

Quando os bandidos estavam deixando a residência, os policiais chegaram no local, momento que aconteceu o primeiro confronto.

Dois bandidos foram mortos e os demais adentraram a residência e fizeram a família refém.

As negociações começaram a partir desse momento. Policiais de toda a região se deslocaram, inclusive de helicóptero, até a cidade de Santa Rita.

A empregada doméstica foi liberada pela quadrilha por volta das 13h50.

O comunicador de uma rádio local, ligou para a residência e conversou “ao vivo” com um dos bandidos. Ele disse que são do Mato Grosso do Sul e que foram até o endereço para roubar a caminhonete, porém, após a troca de tiros com os policiais e a morte dos comparsas, eles estão com medo de sair da casa e serem mortos pelos policiais paraguaios.

O bandido, em entrevista na Rádio Máxima 99,9 FM disse ainda que não tem parentes no Paraguai e que a idéia deles (quadrilha) era apenas levar a caminhonete, mas o assalto acabou dando errado.

Ele também disse que todos estão bem dentro da residência, ninguém está ferido e que a intenção é de se entregar.

Pedem também que a comunidade não faça nenhuma “cagada”, pois a intenção é que todos se entreguem, mas eles estão temendo pela vida.

O bandido diz ainda que eles só estão aguardando a presença do filho do senhor Antônio Viván com um advogado, para que possam se entregar com segurança.

Ao revistar o carro dos bandidos, os Policiais encontraram explosivos. Não foi informado a quantidade exata. Sabe-se também que eles estão usando coletes a prova de bala com a descrição SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas).

O filho do agricultor chegou no local, mas foi impedido pela polícia de adentrar a residência.

Atualização às 17h46

Os bandidos acabam de solicitar a presença de dois cinegrafistas – um paraguaio e outro brasileiro. Eles querem que seja filmado o momento em que estarão se entregando a polícia e libertando os reféns. As negociações continuam por telefone.

Atualização às 18h10

Após a presença de um advogado e a imprensa, os bandidos decidiram libertar os reféns e se entregar a Polícia Paraguaia

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Camionete que seguia para Campo Grande com mais de uma tonelada de maconha foi recuperada pelo DOF
ECONOMIA
Micro e pequenas empresas podem pagar Simples com Pix
MEIO AMBIENTE
PMA realiza orientação em 61 propriedades rurais em prevenção aos incêndios
ECONOMIA
Prazo para contestar auxílio emergencial negado no dia 10 acaba hoje