Menu
Busca quinta, 15 de abril de 2021
Polícia

Genro degolou idoso que matou ex-mulher

11 dezembro 2014 - 08h42Por Fonte: correiodoestado
A Polícia Civil de Aquidauana (MS) descobriu que Egídio Pereira, de 71 anos, que matou a ex-mulher, Nilda Avalos, de 51, na noite da última segunda-feira (8), não cometeu suicídio como havia sido apontado em boletim de ocorrência.
Barcelo dos Santos, 33, genro do homem, apresentou contradição durante depoimento e acabou confessando que matou o idoso ao ver o corpo da sogra. Como não houve flagrante, o homem não foi preso. Segundo a polícia, ele responderá por homicídio doloso.
Caso
Segundo o boletim de ocorrência, a filha de Nilda afirmou ter visto Egídio passando a faca no próprio pescoço. Conforme o relato, os dois estavam separados e a vítima vinha recebendo ameaças. A mulher foi assassinada com três facadas na região do tórax, enquanto o homem apresentava três ferimentos no tórax e um corte profundo na garganta. A faca, de aproximadamente 20 centímetros de lâmina, foi encontrado ao lado do corpo dele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREDOR BIOCEÂNICO
Após suspensão de licitação, governo requisita novo cronograma para obra de ponte sobre Rio Paraguai
JUSTIÇA
STF confirma decisão que determinou a abertura de CPI da Pandemia
POLÍTICA
Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos
NAVIRAÍ
Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas