Menu
Busca quarta, 23 de junho de 2021
AGEPEN

Gestores da Agepen discutem mudanças com a nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos

09 junho 2021 - 17h30Por Portal Governo MS

Com o objetivo de alinhar os trabalhos com a nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos, gestores da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) se reuniram, nesta quarta-feira (9), para discutir o impacto e as principais mudanças com a nova legislação.

O encontro contou com a participação de representantes das equipes da Diretoria de Administração e Finanças, Procuradoria Jurídica, Divisão de Compras e Suprimentos, Núcleo de Compras e Núcleo de Contratos, os quais lidam diariamente com licitações e contratos administrativos da autarquia.

A nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos - Lei nº 14.133, foi sancionada pelo Governo Federal no dia 1º de abril de 2021. Ela já se encontra em vigor, juntamente com a lei anterior, pelo período de dois anos. Esse período de transição vai garantir maior adaptabilidade às novas especificações.

A redação final da nova lei foi aprovada no dia 10 de março pelo Senado e deve substituir a atual Lei das Licitações nº 8.666, de 1993, a Lei do Pregão nº 10.520, de 2002 e o Regime Diferenciado de Contratações (Lei nº 12.462, de 2011), modificando as normas referentes aos sistemas de contratação da administração pública.

A ação vai ao encontro do Decreto Normativo publicado no Diário Oficial do Estado, desta quarta-feira, o qual instituiu um Grupo de Trabalho Intersetorial, para a implementação dos procedimentos previstos na Lei Federal de Licitações e Contratos Administrativos.

O trabalho será composto por representantes da Procuradoria-Geral do Estado (PGE); Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização (SAD); e Controladoria-Geral do Estado (CGE), podendo se estender a outros órgãos ou entidades públicas.

Como instrumento de trabalho, foram adquiridos dois exemplares de obra comentada sobre licitações e contratos administrativos de renomado jurista, trazendo nova visão da legislação atual, que fornecerá maior apoio na interpretação sistemática dos dispositivos legais aos servidores da agência penitenciária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul já vacinou 51,8% da população adulta contra Covid-19
BATAGUASSU
Polícia Civil realiza orientações e verificações preventivas em parceria com PRF
CORONAVÍRUS
Sistema de Regulação aponta que de 10 internados em UTI em Campo Grande, 8 são do próprio município
COSTA RICA
Polícia Civil prende em flagrante traficante de drogas pela quarta vez em menos de 2 anos