sexta, 27 de maio de 2022
AÇÃO DE GOVERNO

Governador lançou festival e entregou veículos para fortalecer as ações de cidadania e cultura do MS

14 maio 2022 - 11h00Por Portal Governo MS

Os investimentos em Cidadania e Cultura sempre fizeram parte das prioridades da gestão estadual. Assim, o governador Reinaldo Azambuja manteve a tradição e lançou a 16° edição do Festival América do Sul, que reúne artistas do Estado e de diferentes países. Também entregou 11 veículos para a Secic (Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura), que vão fortalecer as políticas públicas do setor.

O Festival América do Sul será nos dias 26, 27, 28 e 29 de maio em Corumbá e Ladário, com atrações regionais, nacionais e internacionais. Devido a pandemia do coronavírus, este grande palco da cultura sul-mato-grossense não foi realizado nos dois últimos anos, mas agora retoma com todo empenho e dedicação.

“Este é o primeiro grande festival que teremos pós-pandemia, que representa a retomada dos grandes eventos no Estado. Não tenho dúvida que será um grande atrativo com uma extensa programação cultural que não é feita só de música. Tem teatro, circo, artesanato e muito mais, em uma pluralidade de atrações”, afirmou o governador.

São mais R$ 6 milhões para realizar o festival, que desperta todos os setores culturais do Estado, desde as atrações musicais, como teatro, circo, artesanato e outras ações que vão encantar o público durante o evento. Entre os grandes shows estão: Michel Teló, Atitude 67, Mart’nália, Margareth Menezes, Monobloco e Marcelo D2.

Novos veículos

Com foco no fortalecimento das políticas públicas para Cultura e Cidadania, o governador entregou nesta semana 11 veículos para a Secic. Eles serão usados pelas oito subsecretarias que fazem parte da pasta, assim como no programa “Cidade Viva, que é voltado para a juventude. O investimento foi de R$ 1.036.435,50.

“É muito importante fortalecer essas políticas de inclusão social, estruturar melhor as subsecretarias com equipamentos, qualificação pessoal com treinamento. Com isso, você fortalece a política como um todo. Nós temos oito subsecretarias que atendem essa diversidade que existe hoje dentro da Cidadania. Criamos isso para estimular as políticas públicas para esses segmentos”, descreveu o governador.

Durante o evento, realizado na última terça-feira (11), Reinaldo Azambuja ainda fez questão de destacar que estas subsecretarias são importantes e têm papel fundamental para promover atendimentos, inclusão e combate a preconceitos. Elas atendem as Políticas Públicas para mulheres; Promoção da Igualdade Racial; Juventude; LGBT; Pessoas com Deficiência; Idosos; Assuntos Comunitários; e Indígenas.

UFN3

Em defesa dos empregos e do desenvolvimento do Estado, o governador se reuniu com a direção da Petrobras, para discutir a venda da UFN3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados), depois que foi encerrada a negociação com o grupo russo Acron. Durante a reunião, Reinaldo Azambuja recebeu a garantia da estatal que será lançado ainda neste semestre o edital para venda da usina, localizada em Três Lagoas.

“A Petrobras assumiu o compromisso de publicar um novo edital ainda neste semestre. A gente pediu para que eles fizessem um cronograma para que isso se resolvesse dentro de 2022 para que no próximo ano pudessem ser retomadas as obras da fábrica. O presidente garantiu celeridade nesse processo”, explicou o governador.

A reunião realizada na sede da Petrobras teve a participação do presidente da estatal, José Mauro Coelho, da ex-ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck. Ao fim do encontro, todos saíram otimistas em relação ao tema.

A construção da UFN3 começou e 2011, no entanto a obra foi paralisada em dezembro de 2014, após rompimento da Petrobras com o consórcio responsável pelo empreendimento. Em 2017 a estatal colocou a usina à venda, com a justificativa que não tinha mais interesse no setor de fertilizantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Planos de saúde individuais têm aumento histórico

POLÍCIA

Segundo acusado por morte de vítima encontrada enterrada em sítio abandonado é preso por policiais

UEMS

Aberto mestrado em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos

POLÍTICA

Projeto no Senado esvazia Justiça Eleitoral, diz presidente do TSE