Menu
Busca terça, 13 de abril de 2021
Polícial

Jovem é assassinado com quatro tiros, após ser perseguido por motoqueiros

13 janeiro 2015 - 10h11Por Fonte: riobrilhantenews
Everton Gomes França (19) de vulgo “Vevé” foi assassinado com quatro disparos de arma na Rua Luís Porto Soares, na Vila Ema Rigo, próximo à ponte do Córrego Montalvão.

O fato ocorreu por volta das 22:33 da noite de ontem (11) na referida vila quando Everton Gomes França (19) de vulgo “Vevé” andava a pé pela Rua Luís Porto Soares esquina com a Rua Carlos Laerte e foi abordado por dois homens em uma moto e disparam contra as costas de Everton Gomes França (19), que ao ser baleado empreendeu fuga correndo pela Rua Luís Porto Soares com sentido ao Fórum da Comarca e após correr cerca de 150 metros vendo que seria alcançado pelos agressores adentrou uma pequena vegetação as margens da referida rua tentando se esconder, sendo que os autores passaram pelo local e “Vevé” achou que tinha escapado, mas a dupla retornou e efetuou mais três disparos, o assassinado ali mesmo.

Após a ação os meliantes seguiram em fuga pela Rua Luís Porto Sores no sentido Centro/Bairro.

Populares acionaram a Guarnição do Corpo de Bombeiros que rapidamente chegou ao local, mas encontrou “Vevé” já sem óbito.

Posteriormente chegou ao local uma Guarnição da Polícia Militar, que preservou o local juntamente com os Bombeiros até a chegada dos Agentes da Polícia Civil, para que fossem tomadas as medidas de inicio de investigação do caso.

Com a remoção do corpo do local e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maracaju, pode-se averiguar que “Vevé” foi alvejado por quatro disparos que o atingiram, sendo nos seguintes locais: um no rosto ao lado esquerdo da face, um na região lombar (costa), um na mão direita que transfixou e o último na região do estômago.

“Vevé” possuía várias passagens pelos meios policiais e tinha algumas rixas, e a Polícia Civil trabalha no caso como sendo uma possível vingança ou cobrança de dívida.

Os agentes já possuem três nomes como suspeitos pelo assassinato e já trabalham no caso para prendê-los e assim poderem saber quais seriam os motivos do crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO HÓRUS
Veículo furtado com quase meia tonelada de maconha foi recuperado pelo DOF
EDUCAÇÃO
Prouni: MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes
JUTI
Polícia Militar apreende veículo com chassi adulterado
COTAÇÃO
Dólar fecha acima de R$ 5,70 em meio a incertezas políticas e fiscais