sábado, 13 de julho de 2024
INCLUSIVO

Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial

11 julho 2024 - 08h00Por Agência de Notícias de MS

Mato Grosso do Sul recebeu nos dias 9 e 10 de julho o Encontro Estadual de Ações Afirmativas e Promoção da Igualdade Racial na Educação, promovido pelo MIR (Ministério da Igualdade Racial), em parceria com a SEC (Secretaria de Estado da Cidadania), Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial e SED (Secretaria de Estado da Educação).

Essa é a segunda edição do evento realizado pelo MIR, que visa promover o debate e oficinas sobre ações afirmativas e educação antirracista. O objetivo é auxiliar na construção de um plano de ação que fortaleça a educação e a valorização da História e Cultura Afro-brasileira e Africana nas escolas e nos espaços extra-escolares.

Representantes do Governo do Estado e do Governo Federal discutiram tema em evento na UEMS.

“Estar recebendo o Ministério da Igualdade Racial aqui no nosso Estado é muito gratificante, tendo em vista que esse é o segundo encontro a nível nacional. E fomos escolhidos por causa de algumas ações que já desenvolvemos com o Ministério, uma parceira que vem se fortalecendo. Nós provocamos a Secretaria de Estado de Educação para essa temática e acreditamos que vamos avançar, formulando um plano de ação com foco em uma educação antirracista”, explica Vânia Lucia Baptista Duarte, Subsecretária de Estado para a Promoção da Igualdade Racial.

A ação é conduzida pela equipe da Diretoria de Políticas de Ações Afirmativas, da Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas, Combate e Superação do Racismo (DCR/MIR), e reúne representantes do setor educacional do Estado.

Trabalhar tanto a educação antirracista quanto a valorização da História e Cultura Afro-brasileira e Africana nas escolas não apenas cumpre uma exigência legal, prevista na Lei 10.639/2003 e no Decreto 12.288/2010 que estabelecem a obrigatoriedade da pauta nas escolas, mas reflete um compromisso legal com a promoção da igualdade racial e o combate ao racismo. E também se faz essencial para construir uma sociedade mais justa, igualitária e respeitosa com a diversidade étnico-cultural.

Coordenadora-Geral do Ministério da Igualdade Racial, Raianne Xavier de Alcântara Horovits, ressaltou importância de fortalecer Lei 10.639.

“Nosso objetivo é auxiliar os estados a elaborar ações concretas, a construção é conjunta, é um momento de diálogo sobre a experiência e desafios na implementação da Lei 10639/2023 e sobre as ações empreendidas pelo estado com vistas ao combate e superação do racismo”, explica Raianne Xavier de Alcântara Horovits, da Coordenação-Geral de Ações Afirmativas na Educação do MIR.

“Nós temos desenvolvido várias ações com a Subsecretaria, e esse momento é muito significativo para nós, pois estamos pensando em projetos e ações com foco na equidade, na garantia dos direitos, no reconhecimento e no respeito. O ambiente escolar é o ponto de convergência para trabalharmos em uma perspectiva mais inclusiva. Preparando os alunos para viverem em uma sociedade multicultural e respeitosa com as diferenças”, explica o Coordenador de Modalidades Específicas da Secretaria de Estado de Educação, Alfredo Anastácio Neto.

O encontro, realizado na UEMS (Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul), conta com a participação de representantes das Coordenadoria de Educação da SED, desde aqueles que trabalham diretamente com o ensino médio, ensino fundamental, ensino profissional e do Centro de Formação. Além da presença no primeiro dia do Promotor de Justiça Marcos André Sant’Anna, integrante do NUPIER (Núcleo de Promoção da Igualdade Étnico-Racial), do Ministério Público Estadual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 15 milhões

SAÚDE

Vacina nacional contra covid está em fase avançada, diz ministra

APOSTA ONLINE

Governo avalia que 'Jogo do Tigrinho' pode ser liberado no Brasil

JUSTIÇA

Entidades repudiam monitoramento ilegal de jornalistas