Menu
Busca sábado, 17 de abril de 2021
Ponta Porã

Ludimar fala sobre desempenho do seu governo

Prefeito discorreu sobre o que já foi realizado e projetos que serão concretizados em 2015

13 janeiro 2015 - 08h00Por Assessoria

O prefeito Ludimar Novais (PPS), concedeu entrevista exclusiva no último mês de dezembro ao Jornal de Notícias, oportunidade que abordou vários assuntos relacionados à administração municipal. Ele falou sobre obras, serviços, política e até sobre reeleição. Ele fala que está fechando os dois primeiros anos de mandato com a concretização de importantes projetos que vão melhorar a qualidade de vida da população.

Logo no início da entrevista, o prefeito fez questão de destacar dois importantes projetos que vão colocá-lo como recordista na construção de casas populares. Um dos projetos, prevê a construção de 1.015 unidades habitacionais no Residencial Kamel Saad, com investimento previsto de R$ 61.301.963,39, obras executadas com recursos do Governo Federal, através da Caixa Econômica, com contrapartidas do município e também do Governo do Estado. O outro projeto destacado pelo prefeito é o Residencial Jamil Saldanha Derzi, que terá mais 500 moradias e cujas obras estão orçadas em R$ 30.980.135,00.

No setor de saúde também tivemos grandes avanços, diz Ludimar. Ele cita a construção de seis novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a reforma e ampliação de outras nove. “Com isso estamos remodelando todo o sistema e melhorando o atendimento para a nossa população”, disse, acrescentando ainda a construção da nova sede do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), obra orçada no valor de R$ 1,3 milhão, que irá ampliar o atendimento no tratamento aos dependentes químicos da cidade. “Com a nova estrutura, o centro irá atender durante as 24 horas do dia e os pacientes poderão dormir no local”.

Outra importante conquista no setor de saúde, diz o prefeito, diz respeito a reforma que está sendo feita no Hospital Regional de Ponta Porã, além da aquisição de equipamentos modernos. “O Hospital Regional terá 10 leitos de UTI e três novos centros cirúrgicos. Além disso adquirimos equipamentos modernos que vão ajudar na realização de cirurgias e também no diagnóstico de doenças. Uma dessas aquisições, destaca, é um moderno equipamento de diagnóstico por imagem, a TC - Tomografia Computadorizada com 16 canais Somatom Emotion 16, da Siemens, com capacidade para produzir 500 exames por mês.

A máquina sem uso é importada da Alemanha, sendo o primeiro equipamento desse modelo a ser instalado em um hospital público no interior do estado de Mato Grosso do Sul. “Também adquirimos três ambulâncias novas, sendo uma UTI Móvel e ainda montamos o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), totalmente equipado. E as obras da Unidade de Pronto Atendimento – UPA – na frente do Parque de Exposições estão bastante adiantadas. Será um serviço especializado para atendimento de caos de urgências e emergências, principalmente para os moradores da região do Grande Marambaia, desafogando o pronto socorro do Hospital Regional”.

Na área educacional, Ludimar disse que reformou as 28 escolas municipais antes do início letivo de 2014. Algumas unidades estavam em condições precárias e ofereciam inclusive riscos para os alunos e servidores. “Também podemos destacar a viabilização de quatro projetos para construção de novos centros de educação infantil. “São obras asseguradas e que vão atender dos bairros São João, Andreazza, Jardim Ivone, Carandá e regiões adjacentes a esses locais”. O prefeito também destaca o avanço do ensino superior com a chegada de mais uma universidade, a Uniesp, instituição paulista que pretender montar um campus em Ponta Porã, oferecendo entre outros cursos, medicina, odontologia, agronomia, zootecnia e engenharia civil. “Além disso investimos muito na qualificação profissional, fortalecendo a parceria com o Pronatec, que apenas em 2014 formou mais de 700 jovens para o mercado de trabalho”.

Sobre os projetos de pavimentação asfáltica, Ludimar destacou a pavimentação da avenida São João, no bairro São João, do prolongamento da rua Guia Lopes, entre outros. “Temos recursos assegurados para fazer a pavimentação da rua Vital Brasil, do bairro Maria Auxiliadora, São Vicente de Paula, asfaltamento do acesso ao Bosque Carandá e São Vicente; da Vila Áurea, cujas ruas já receberam as obras de drenagem; com recursos do PAC vamos asfaltamento o bairro da Mooca; também vamos pavimentar a rua Pedro Álvares Cabral, ligando a rua Vital Brasil ao novo conjunto habitacional Kamel Saad, na região do Jardim Independência”. Ludimar destaca que vai criar o Parque do Horto Florestal, com pistas de caminhada, para corridas, campo de futebol, quadra de esportes, concha acústica, entre outras atrações.

Outro importante projeto do prefeito Ludimar refere-se a criação do Parque Tecnológico Internacional de Ponta Porã (PTIn). “Neste mês estamos assinando a formalização do Parque, criando uma diretoria provisória e dessa forma o projeto sai do papel para se tornar uma realidade jurídica. O PTIn nasce com a missão de fortalecer a indústria do conhecimento, agregando tecnologia e inovação ao setor industrial, agrícola e de serviços já estabelecidos em toda a região de fronteira”. Conforme o projeto de concepção, o Parque Tecnológico além de espaço para negócios baseados em conhecimento, poderá abrigar centro para pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico, inovação e incubação, treinamento, prospecção, como também infraestrutra para feiras, exposições e desenvolvimento mercadológico.

A pavimentação asfáltica do anel viário será uma das grandes lutas para 2015, prevê o prefeito. Ele disse ao JN que vai buscar os recursos junto ao governo do Estado. “Esperamos que o novo governador seja sensível a essa necessidade de Ponta Porã. Precisamos retirar o trânsito pesado das avenidas centrais”, disse. Quando assumiu seu mandato, Ludimar encontrou o anel viário tomado pelo mato e não havia nem aterro na cabeceira das pontes. “Fizemos o aterro e melhoramos as condições da estrada, que hoje é trafegável, mas a situação só será resolvida com a pavimentação asfáltica”.

Já sobre outros grandes projetos, Ludimar destaca a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e a implantação da Guarda Civil Municipal. “Hoje temos uma guarda treinada, preparada para atender a população e que logo-logo estará atuando armada nas ruas”. Importante destacar, diz o prefeito, o projeto de autoria do poder executivo criando o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), que elevou o piso salarial dos servidores municipais de míseros R$ 260 para o valor de um salário mínimo, R$ 724, com a garantia de correção anual. “Com isso corrigimos uma distorção de décadas, que prejudicava os trabalhadores. Além disso, pagamos todos os meses os salários de forma antecipada, assim como o 13º salário”.

Um projeto que está engatilhado e que logo será executado, segundo Ludimar, refere-se a reurbanização do centro comercial da fronteira, situado na linha internacional. “Também passará por completa mudança o Terminal de Ônibus, que receberá melhorias importantes, dando conforto às pessoas que utilizam diariamente o transporte coletivo. Vamos fazer a readequação do centro comercial de Ponta Porã, temos o projeto pronto e faremos investimento inicial de R$ 1,5 milhão”.

POLÍTICA

Durante a entrevista o prefeito também respondeu aos questionamentos políticos. Ao ser perguntado se tem projeto para buscar a sua reeleição, ele disse que o que credencia um projeto de reeleição é o resultado do planejamento que foi feito. “Fizemos um grande projeto para Ponta Porã e se tudo ocorrer dentro daquilo que programamos, com a entrega das obras, é natural que diante disso possamos pleitear um novo mandato. Temos a convicção de que a população saberá no tempo certo reconhecer o que estamos fazendo de positivo para o município”.

Com relação a boatos de que faria mudanças radicais no seu secretariado, Ludimar descartou qualquer coisa neste sentido. “Hoje posso dizer que a nossa equipe é preparada, trabalhar de forma alinhada e, portanto, não haveria nenhuma razão para fazer mudanças”, disse.

Ludimar avaliou a eleição da nova mesa diretora da Câmara Municipal como algo positivo da democracia. “Não me envolvi em nenhum momento no processo para escolha do novo presidente, até porque os dois candidatos que disputavam o cargo sempre foram grandes colaboradores do meu governo. Como não houve consenso entre os vereadores, liberei o grupo da base para fazer articulações.
Mas é importante destacar que os dois vereadores que disputaram a presidência tem afinidade com o nosso governo e já colaboraram muito”.

ASSENTAMENTOS

Ludimar disse que sua administração atende todos os projetos de assentamentos rurais de Ponta Porã. “Temos trabalhado para que os assentados também sejam atendidos pelo poder público e constantemente estamos fazendo recuperação das estradas, das pontes, melhorando o setor de saúde e levando inclusive profissionais do programa Mais Médicos para atender as pessoas. Assumimos o núcleo urbano do Itamarati, oportunidade que entregamos uma patrulha mecanizada avaliada em mais de R$ 1,7 milhão. Também assinamos convênio que prevê R$ 4,9 milhões para recuperação de todas as estradas do Itamarati I e II.

“Através de parceria com o Governo Federal, adquirimos boa parte da produção dos assentamentos para que possamos atender as famílias de baixa renda com cestas verdes. Semanalmente são várias toneladas de produtos trazidos dos assentamentos, o que possibilita a montagem de 500 cestas para atender as famílias dos mais diversos bairros, além de 13 entidades. É a garantia que a agricultura familiar recebe de que pode produzir porque terá para quem vender e a segurança para as famílias que precisam da mão estendida do poder público municipal”, disse o prefeito, acrescentando o incentivo que vem dando à piscicultura, inclusive com a implantação de laboratório municipal para produção de alevinos, que são doados aos assentados.




Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Reinaldo Azambuja assina carta dos governadores à ONU por mais vacinas
GERAL
Inpe cria plataforma gratuita de dados do solo brasileiro
REGIÃO
Ladrão de bancos do Paraguai é preso quando fugia para o Brasil
INTERNACIONAL
Princípe Philip é sepultado neste sábado em cerimônia restrita