terça, 23 de julho de 2024
CAMPO GRANDE

Menino de 9 anos que fugiu após incendiar escritório é encontrado escondido embaixo de mesa em MS

11 setembro 2022 - 08h30Por G1MS

Desaparecido por mais de 24h, Arthur Simões, de 9 anos, foi encontrado pela família escondido debaixo da mesa no local em que funciona o escritório da avó, no bairro Vila Rica, em Campo Grande. O menino fugiu após ter riscado fósforos por acidente e posto fogo em toalhas.

Segundo a cuidadora do menino, Luciene, toda a família estava desesperada e chegaram a procurar a criança em hospitais, necrotérios e até mesmo no Instituto Médico Legal (IML) da capital.

Emocionada, Luciene disse ao g1 que todos estão aliviados e o mais importante é que o Arthur foi encontrado em segurança.

Entenda o caso

Arthur Simões fugiu nessa sexta-feira (9), após ter incendiado o escritório da avó por acidente. Segundo o pai da criança, Elieser da Silva, a avó do menino estava fazendo café quando viu uma fumaça saindo do depósito de toalhas.

"O meu irmão que estava lá na frente, entrou no escritório e disse que era o disjuntor, mas o Arthur mostrou para a minha mãe de onde estava vindo e foi quando ela viu os palitos de fósforo", contou ao g1.

Assustada, a avó questionou o menino que afirmou ter sido um acidente e pediu desculpa. "Ela começou a tirar as coisas para tentar apagar, foi pegar água e quando voltou o Arthur tinha sumido", disse o pai.

O pai disse ainda que o menino teria saído do local descalço, usando a blusa do uniforme escolar e um short azul escuro. O caso estava sendo investigado pela polícia como desaparecimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Início de operação da fábrica de Ribas do Rio Pardo consolida MS como vale da celulose

ECONOMIA

Mercado voluntário de carbono no Brasil recua em 2023

Dados são do Observatório de Bioeconomia da FGV

BRASIL

Conab recebe mais R$ 115 milhões para apoio à comercialização da agricultura familiar

DIREITOS HUMANOS

Cimi: políticas públicas ainda não frearam violência contra indígenas

Relatório cita fortalecimento e retomada de ações de fiscalização