Menu
Busca segunda, 14 de junho de 2021

Ministério Público Estadual pede interdição do presídio de Ponta Porã

Ministério Público Estadual pede interdição do presídio de Ponta Porã

17 maio 2012 - 15h00
Dourados Agora


O Ministério Público Estadual solicitou a Secretaria de Segurança Pública de MS e também a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), a remoção imediata de presos do Estabelecimento Penal Ricardo Brandão de Ponta Porã (MS).

A unidade prisional foi construída em 2000 para abrigar 80 presos e hoje tem 401. A unidade está proibida de receber presos da Justiça Federal e não está descartado a interdição, pela terceira vez pela justiça por superlotação.

O Diretor-Presidente da Agepen, Deusdete Souza de Oliveira Filho, confirmou que recebeu o pedido de remoção de 80 presos solicitados pelo MPE de Ponta Porã. Ele disse que a Agepen não tem autonomia para remover presos e sim o Tribunal de Justiça. De acordo com ele, a Agepen já fez a solicitação de vagas para os presídios de Dourados (MS), Dois Irmãos do Buriti (MS) e Naviraí (MS) para esses presos de Ponta Porã. Todos os três negaram em receber os presos alegando estarem também com população carcerária acima da média.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia
SAÚDE
Covid-19: Anvisa amplia prazo de validade da vacina da Janssen
LEGISLATIVO
Embrapa Agropecuária Oeste faz 46 anos e Neno Razuk parabeniza trabalho de pesquisa no MS
SAÚDE
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais três pacientes para São Paulo nesta segunda-feira