Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
Ponta Porã

Mulher é morta por asfixia e polícia acredita em crime de latrocínio

20 dezembro 2014 - 08h30
Uma mulher de 52 anos foi encontrada morta na noite desta quinta-feira. dia 18 de dezembro, dentro da própria residência, na cidade de Ponta Porã, fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A vítima, identificada como Martiniana Ribeiro Ferreira, foi executada no quarto da casa e o corpo apresentava sinais de estrangulamento.

De acordo com o jornal Ponta Porã Digital, a mulher morava sozinha na casa localizada no bairro Ipê I de Ponta Porã, conforme informaram os familiares. O corpo foi encontrado por vizinhos, deitado na cama com a boca amordaçada e ferimentos na altura do pescoço e cabeça.

A polícia investiga o caso e trabalha com a hipótese de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. Isto porque os familiares perceberam que um botijão de gás e um par de alianças foi levado da residência. A polícia contatou ainda forte odor de álcool na casa e nenhuma porta ou o portão foi arrombado. Portanto, é possível que o assassino seja um conhecido da vítima.

Os moradores chamaram a Policia Militar, que chegou no local e isolou a área até a chegada dos peritos da Polícia Civil. Após os procedimento da polícia o corpo foi liberado apara os parentes da vítima.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELDORADO
Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeito em flagrante
ECONOMIA
Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito apreende dois jacarés e um javali abatidos em leito de córrego no município
MEIO AMBIENTE
Imasul e bombeiros iniciam ação preventiva contra incêndios nos parques estaduais