Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
Capital

Nova interdição assusta motoristas e acidentes viram rotina em avenida

08 janeiro 2015 - 08h46Por Fonte: campograndenews
Devido à uma nova erosão que aconteceu após a chuva que atingiu a Capital na segunda-feira (5), a Prefeitura de Campo Grande interditou mais uma faixa na Avenida Ernesto Geisel, só que agora no sentido centro/bairro. O desvio foi feito em uma curva próximo à Igreja Santa Paulina, na Vila Jacy, e como os condutores não conseguem enxergar os cones, acidentes são contantes no local.No começo da tarde desta quarta-feira (7), duas colisões aconteceram em menos de duas horas na região. Uma delas envolveu três veículos, sendo que um deles se evadiu do local. O Juizado de Trânsito e a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) estiveram no lugar, mas não conseguiram resolver o problema.

“Eu seguia com meu Siena atrás de um Gol, quando uma BMW estava parada na faixa interditada e resolver entrar na pista liberada. A condutora do Gol freou bruscamente e eu não consegui frear a tempo. Colidi na traseira do Gol, enquanto o motorista da BMW fugiu. A perícia não conseguiu provar quem provocou o acidente, e agora vou ter que arcar com mais de R$ 5 mil para consertar os veículos”, explicou o autônomo Júnior Caldeira, de 24 anos.

Situação semelhante aconteceu com o mecânico Ênio Gomes, 46. Ele conduzia um veículo VW Fox atrás de um Corsa Classic e uma caminhonete. Quando enxergou os cones, o condutor da caminhonete freou de forma inesperada e todos também frearam. Foi quando uma funerária colidiu na traseira do carro em que o mecânico estava.

“Os cones foram colocados em uma curva, os motoristas não conseguem enxergá-los e acabam freando rápido demais. Eles deveriam colocar esses cones bem antes da cratera para que os condutores vissem o desvio o quanto antes”, apontou Ênio.Para o técnico em saneamento Alan Aparecido, 33, a instalação dos cones não é nem mesmo provisória. “A gente chama de medida paliativa algo que depois será definitivo, mas isso aqui nunca será concluído. Faz anos que acontece esse tipo de problema e ninguém faz nada”, comentou.

Já o tecnólogo Joel Domingues, 43, reclamou da sinalização. “Esse desvio foi muito mal sinalizado. A prefeitura deveria vir arrumar isso logo ou mandar agentes de trânsito para auxiliar os motoristas por aqui”, destacou..

O segurança Cláudio Mendes, 43, teme que o pior aconteça. “Deveria existir guard rails por aqui, se não alguém ainda vai cair dentro do córrego”, concluiu.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Valtemir Alvez de Brito, as providências já estão sendo tomadas para resolver o problema.

Técnicos da secretaria estarão enviando equipamentos para o local. "Precisávamos tomar essa medida urgente justamente para evitar os acidentes. Até por que o problema pode ser pior com a próxima chuva", informou. As obras devem começar amanhã (8) no local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
ANS: planos devem autorizar RT-PCR de forma imediata
ELDORADO
Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeito em flagrante
ECONOMIA
Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito apreende dois jacarés e um javali abatidos em leito de córrego no município