domingo, 14 de abril de 2024
MS

Polícia Civil dá dicas para manter a casa protegida no feriado prolongado

08 outubro 2022 - 09h00Por Dourados News

Para quem está programando um descanso prolongado neste feriado, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul elaborou dicas para que a residência seja alvo de criminosos:

A porta da cozinha deve ser protegida e a área tem que ser isolada do restante da casa com o trancamento das portas intermediárias. Isso porque os arrombamentos são mais frequentes pelos acessos dos fundos dos imóveis.

Não guarde objetos de valor em casa. Faça seguro deles e confie a custódia a cofres de bancos. Se preferir, use cofres de segurança dentro da residência, mas sempre que possível instale mais de um, sendo um deles fora dos aposentos particulares.

Os alarmes sonoros ou luminosos devem ser testados periodicamente. Isso melhora a segurança e também ajuda os vizinhos que, avisados, reconhecem com facilidade o sistema e podem ajudar em caso de perigo.

Faça o máximo para dificultar a ação de delinquentes, desde a colocação de trincos e travas nas portas e janelas até trancas, correntes e cadeados nos pontos mais vulneráveis. Improvise as defesas conforme a necessidade.

Conheça seus vizinhos e combine com eles medidas de auxílio mútuo. A solidariedade é importante nos momentos de perigo. Os vizinhos devem estar sempre alertas pela segurança de sua rua ou bairro.

Participar de grupos de WhatsApp colabora com a segurança de seu bairro. Movimento de pessoas estranhas podem ser observados, criando alarde e dificultando a ação de bandidos, bem como, na obtenção de informações a serem passadas para a polícia posteriormente.

Evite deixar as luzes acesas durante o dia. É um sinal claro de que não há ninguém em casa.

Mantenha luzes acesas durante a noite e combine com vizinhos de confiança para que fiquem responsáveis por monitorar a casa e evitar jornais e correspondências acumuladas.

Não divulgue em redes sociais que vai sair a passeio.

Leve as chaves da casa com você. Não deixe a chave de sua residência em um local inapropriado como debaixo do tapete, próximo à janela ou a um vaso de plantas, por exemplo, pois é uma deixa para que o ladrão a encontre.

Em condomínios fechados ou edifícios, não deixe as chaves na portaria.

Ao sair ou retornar da residência, observe as proximidades e se constatar a presença de estranhos, não entre.

Oriente familiares e empregados para que não comentem com estranhos sobre os hábitos da família.

E se mesmo assim não for possível evitar o furto, informe imediatamente a Polícia Militar pelo telefone 190, a Guarda Civil Metropolitana pelo 153 e se dirija à delegacia da Polícia Civil para registrar a ocorrência, para que tão logo possam ser iniciadas as investigações para identificação dos autores e recuperação dos objetos subtraídos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

50+

Funtrab e rede supermercadista lançam 'Feirão da Empregabilidade' para contratação de profissionais

DETRAN-MS

Curso especial para condutores infratores ultrapassa 90% de aprovação

DESENVOLVIMENTO

Com R$ 3,2 bilhões, MS teve aumento de 227% nos investimentos públicos nos últimos três anos

TRAGÉDIA

Mãe e filho morrem e três ficam feridos em acidente no domingo de Páscoa