Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021

Ponta Porã contra a violência infantil

Ponta Porã contra a violência infantil

17 maio 2012 - 16h00
Mercosulnews


O CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ponta Porã) estará realizando nesta sexta-feira (18), uma mobilização na Câmara Municipal de Vereadores de Ponta Porã, às 19 horas e convida toda sociedade a participar, para que juntos seja possível discutir esta terrível violência que ainda ronda as crianças e adolescentes.
A presidente do Conselho, Edna Teixeira Araujo, informa que a mobilização faz parte da estratégia de manter o trabalho de conscientização da sociedade para não diminuir o foco no combate e prevenção à violência contra crianças e adolescentes.

Ela lembra que “estudos comprovam que, apesar dos avanços para diminuição desses crimes, com a implantação de programas especializados, das denúncias no disque 100, de professores alertas a qualquer mudança de comportamento de seus alunos, há pouco interesse por parte de algumas escolas em estudar o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente)”.

“Precisamos de uma sociedade disposta a debater o que outrora era considerado um tabu, um assunto do qual se tinha vergonha de falar, infelizmente ainda há muito a alcançar. As crianças continuam sendo violentadas de maneira cruel sendo na maioria das vezes pelas pessoas que deveriam protegê-las”, afirmou Edna.

Segundo ela, é preciso unir os elos da corrente chamada "rede de proteção à criança e adolescente" para que as ações não sejam fragmentadas. Neste dia o Brasil estará trajando qualquer peça de roupa preta em sinal de luto por todas as crianças que tiveram as vidas interrompidas, sonhos perdidos e traumas jamais esquecidos, destacou.

Nesta sexta-feira, o CMDCA estará aproveitando a ocasião, para inaugurar o site CMDCA PONTA PORÃ, onde, com exclusiva transparência, levará à sociedade todas as atribuições do CMDCA, Conselho Tutelar e notícias voltadas à política de proteção da criança e do adolescente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
TEMPO
Terça-feira de sol, temperaturas em elevação e umidade do ar em queda
EDUCAÇÃO
Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia
SAÚDE
Covid-19: Anvisa amplia prazo de validade da vacina da Janssen